21:03 20 Abril 2018
Ouvir Rádio
    Destruição de armas químicas na Rússia

    Rússia propõe que EUA destruam suas armas químicas para encerrar corrida armamentista

    © Sputnik / Ilya Pitalev
    Defesa
    URL curta
    9160

    Os EUA deverão destruir seu arsenal de armas químicas para poder discutir sobre o fim da corrida armamentista, declarou Maria Zakharova, porta-voz do Ministério das Relações Exteriores da Rússia.

    O presidente norte-americano Donald Trump tuitou nesta quarta-feira (11) que as relações entre os EUA e a Rússia estão "piores do que nunca" e propôs "por fim na corrida armamentista".

    Nossa relação com a Rússia está pior do que nunca, e isso inclui a Guerra Fria. Não há razão para isso. A Rússia deve nos ajudar com sua economia, algo que seria muito fácil de fazer, precisamos que todas as nações trabalhem juntas. Pare com a corrida de armas?

    Zakharova não deixou o comentário de Trump sem resposta e retrucou em sua conta do Facebook. 

    É uma ótima ideia! Proponho começar pela destruição de armas químicas. Norte-americanas

    Trump prometeu, em 9 de abril, que no prazo de 24 a 48 horas dará uma resposta relativa a um suposto ataque químico que teria causado dezenas de mortes na cidade síria Douma.

    Grupos da oposição armada e organizações não governamentais acusaram tropas governamentais de terem lançado gás cloro sobre Ghouta Oriental, apesar da negação por parte de Damasco.

    A Rússia argumenta que o alegado uso de agentes tóxicos em Douma é uma "armadilha" e insiste que os especialistas da Organização para a Proibição de Armas Químicas (OPAQ) realizem uma investigação do local.

    O presidente dos EUA, através de seu Twitter, ameaçou bombardear a Síria em retaliação pelo suposto ataque químico.

    Mais:

    Rússia veta resolução dos EUA na ONU para abrir inquérito sobre armas químicas na Síria
    Lavrov: Militares russos avisaram sobre provocações com uso de armas químicas na Síria
    Recado para Trump: Irã promete produzir armas se EUA deixarem acordo nuclear
    Tags:
    ameaça, corrida armamentista, armas químicas, Ministério das Relações Exteriores da Rússia, OPAQ, Maria Zakharova, Donald Trump, Síria, Douma, Ghouta Oriental, Rússia, EUA
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik