18:15 25 Setembro 2018
Ouvir Rádio
    Satélite da Marinha americana é lançado de Cabo Canaveral, na Flórida

    Trump se atrasou com criação do polêmico projeto de 'guerra nas estrelas'?

    © AP Photo / John Raoux
    Defesa
    URL curta
    402

    O presidente dos EUA, Donald Trump, afirmou que o país deve logo ter uma força para operações militares no espaço. Em uma entrevista à Sputnik, o cientista político militar Oleg Glazunov lembrou que o programa de "guerra nas estrelas" não é uma ideia nova para os norte-americanos.

    De acordo com Trump, sua nova estratégia nacional para o espaço reconhece que podem ser realizadas operações de combate no espaço, tal como na terra, no ar ou no mar. O presidente confessou que inicialmente a ideia de criar uma força espacial não lhe parecia muito boa, mas mais tarde ele mudou sua opinião.

    Nos finais de fevereiro, o comandante do Estado-Maior da Força Aérea dos EUA, David Goldfein, afirmou que a guerra nas estrelas é uma questão de poucos anos. De acordo com ele, Washington deve fazer questão de alcançar a supremacia no espaço.

    Ao falar com o serviço russo da Rádio Sputnik, o especialista em assuntos políticos e militares Oleg Glazunov relembrou que o programa de "guerra nas estrelas" tem sido um sonho para as autoridades estadunidenses desde a década de 80.

    "Sobre a 'guerra nas estrelas' já falava o [presidente dos EUA Ronald] Reagan, declarando que os EUA alegadamente teriam este tipo de armas. Mas já passaram mais de 30 anos e ainda não vimos nada dessa espécie no espaço. Mais que isso, os norte-americanos continuam comprando a nós motores para seus foguetes espaciais. Acho que não será logo que veremos os norte-americanos no espaço e a 'época dos jedi' não chegará assim tão rápido como Trump o deseja", assegurou.

    Para mais, o especialista manifestou que o governo estadunidense demorou bastante para promover a iniciativa na prática e não em teoria.

    "Ele [Trump] está falando de uma força espacial? Então já faz muito que a deveriam ter criado. Na Rússia, a Força Espacial existe já há muito tempo. Sim, hoje em dia as tecnologias são já tão avançadas que brevemente as operações militares podem realmente passar para o espaço. Os norte-americanos, provavelmente, estão modernizando seu exército para se adaptar às novas condições. Mas eu receio que Trump esteja confundindo seus desejos com a realidade. Não acho que seja possível criar as armas para a guerra espacial assim tão depressa", explicou Glazunov.

    Os EUA, bem como os outros países, estão desenvolvendo sistemas tanto ofensivos quanto defensivos na área espacial. Além dos satélites militares e, supostamente, o potencial de defesa antissatélite, os EUA também têm um avião espacial não tripulado cujos voos são classificados.

    De acordo com o portal Space News, neste ano o orçamento da Força Aérea estadunidense para programas espaciais é de US$ 7,75 bilhões (mais de 25 bilhões), o que é 20% maior que em 2017. Já no próximo ano se planeja aumentar essa verba até US$ 8,5 bilhões (mais de R$ 27,6 bilhões).

    Mais:

    Chancelaria russa: Washington está criando premissas para guerra nuclear e de mísseis
    Estados Unidos estão se preparando para guerra nuclear com China?
    Centro de inteligência militar espacial da OTAN será inaugurado na República Tcheca
    Tags:
    corrida espacial, Pentágono, Ronald Reagan, Donald Trump, EUA
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik