06:49 28 Maio 2018
Ouvir Rádio
    Tanque T-90.

    Pedidos da China por armamento russo somam US$ 6,5 bilhões

    © Sputnik / Grigoriy Sisoev
    Defesa
    URL curta
    8321

    O valor total dos pedidos da China por armamentos da Rússia é de US$ 6,5 bilhões, afirmou conselheiro do presidente russo para a cooperação técnico-militar Vladimir Kozhin nesta segunda-feira (12).

    A declaração foi feita em entrevista ao canal Rossiya-24.

    A cooperação entre a indústria de defesa de Moscou e Pequim data de 1992, quando os dois países criaram o Comitê de Cooperação Militar e Técnica — que faz reuniões anualmente.

    Alguns dos principais armamentos russos vendidos para a China são aeronaves, veículos blindados e submarinos.

    De acordo com o Instituto Internacional de Pesquisa de Paz de Estocolmo (SIPRI), a China é o segundo maior importador mundial de armas russas (12%) após a Índia (35%).

    Mais:

    China elimina limite de mandatos presidenciais
    Em visita oficial de Macron, França e Índia acertam detalhes para conter China
    China manterá pressão sobre Coreia do Norte, diz Washington
    Como China e Estados Unidos disputam influência na África
    O que se pode esperar da estação espacial da China que está caindo?
    Adeus, dólar? Banco Central da China continua internacionalizando yuan
    China 'tomará medidas' em caso de guerra comercial com os EUA, diz chanceler
    Tags:
    Vladimir Kozhin, China, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik