05:07 19 Novembro 2018
Ouvir Rádio
    Sistema de defesa antiaérea S-400

    Moscou pode realmente fornecer S-400 ao 'país mais inamistoso'? Especialista responde

    © Sputnik / Sergei Pivovarov
    Defesa
    URL curta
    4220

    É possível que EUA comprem uma unidade do sistema de defesa antiaérea S-400 Triumph para investigar seu funcionamento. No entanto, trata-se apenas de uma venda hipotética, opina especialista militar russo.

    Mais cedo, o diretor-geral da corporação estatal russa Rostec, Sergei Chemezov, em entrevista ao jornal The Washington Post, não descartou a possibilidade de vender sistemas russos de defesa antiaérea S-400 aos EUA caso Washington demonstre interesse em comprá-los. 

    O jornalista da edição perguntou a Chemezov sobre o objetivo estratégico do fornecimento dos sistemas russos de defesa antiaérea S-400 à Turquia, sendo este um país integrante da OTAN. 

    Neste contexto, o chefe da Rostec afirmou que o S-400 não é um sistema de ataque, mas, sim, de defesa. Portanto é provável vendê-lo aos norte-americanos, se eles quiserem. Em sua opinião, não há problema algum em termos estratégicos, tampouco isso pode representar um problema para a segurança da Rússia.

    Ao mesmo tempo, de acordo com o especialista militar russo, Viktor Murakhovsky, trata-se de uma venda hipotética.

    "É preciso entender a questão perguntada. Ele [diretor da Rostec] não respondeu do ponto de vista de fornecimento real de S-400 aos EUA, mas, sim, indicou corresponder a um sistema de proteção, ou seja, meio de defesa sem potencial de ataque", destacou.

    "Neste sentido", adicionou, "pode ser fornecido a qualquer país".

    "Ao mesmo tempo, o especialista sublinhou, mais uma vez, que a questão era hipotética, portanto a resposta, dada por Sergei Chemezov, também era somente teórica".

    Segundo indica o especialista, atualmente é impossível atingir o nível necessário para assinar acordos com EUA.

    "Em primeiro lugar, os norte-americanos, no melhor caso, gostariam de receber uma divisão para estudar todos os elementos e revelar qual é o invento hábil dos russos representado pelo sistema de defesa antiaérea", explicou.

    "Em segundo lugar, o Serviço Fiscal para cooperação técnico-militar nunca aprovará venda e contrato com o país mais inamistoso em relação à Rússia", concluiu.

    O S-400 Triumph é o mais novo sistema de mísseis antiaéreo de longo alcance. Ele abate aeronaves tripuladas ou não, mísseis balísticos e de cruzeiro, incluindo de médio alcance, bem como é usado contra alvos terrestres.

    O sistema tem um alcance de até 400 quilômetros, sendo capaz de eliminar alvos a uma altitude de 30 quilômetros.

    Mais:

    EUA podem impôr sanções à Turquia caso compra de S-400 russos se concretize
    Rússia revela quais países estão na briga pelos sistemas de defesa S-400
    Rússia poderá fornecer sistemas S-400 para países do Oriente Médio e Sudeste Asiático
    Analista: EUA consideram sistema S-400 russo perigoso? Há notícias ainda piores
    Tags:
    defesa antiaérea, venda, contrato, S-400 Triumph, Rostec, Viktor Murakhovsky, Sergei Chemezov, EUA, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik