05:23 17 Julho 2019
Ouvir Rádio
    Sistema antiaéreo Panstir-S1

    Analista: sistema Pantsir-S simboliza orgulho da Rússia

    © Sputnik / Maksim Blinov
    Defesa
    URL curta
    2280

    A mídia norte-americana sublinhou que o sistema russo de defesa antiaérea Pantsir-S pode ser considerado armamento ideal. O especialista em assuntos militares, Viktor Baranets, comentou a publicação.

    O sistema russo de defesa antiaérea Pantsir-S, considerado armamento ideal para repelir ataques massivos com drones, não tem análogos nos EUA, sublinha Sebastien Roblin, em seu artigo para a revista The National Interest.

    De acordo com a edição, durante conflito na Síria, estes complexos atacaram repetidamente vários mísseis e drones. Assim, em dezembro do ano passado, eles derrubaram dois mísseis disparados contra a base aérea de Hmeymim, frisou Roblin.

    Este armamento não atraiu tanta atenção na Síria de analistas e jornalistas se comparado ao S-400 por ser um sistema de raio curto, assinala NI. Ele age na última linha da defesa antiaérea, bem como elimina aviões, helicópteros, drones e mísseis que estejam voando baixo, fazendo com o Pantsir-S adquira importância especial nas condições modernas.

    No dia 6 de janeiro, terroristas tentaram atacar a base aérea de Hmeymim e o ponto de manutenção técnica em Tartus, lançando 13 drones de combate. Os militares russos conseguiram interceptar seis veículos aéreos, enquanto sete outros foram eliminados pelos sistemas Pantsir-S.

    O especialista em assuntos militares, Viktor Baranets, em entrevista ao serviço russo da Rádio Sputnik, comentou conclusões da mídia norte-americana.

    "Nosso armamento Pantsir-S está na Síria desde o início da operação, ele protege a zona próxima à defesa antiaérea das bases de Hmeymim e do porto de Tartus, destino de nossos navios. Trata-se de armamento único que nos últimos anos foi aperfeiçoado e, no momento, além de dois canhões antiaéreos, possui 12 mísseis guiados", explicou o especialista.

    "Estes mísseis se explodem na altitude de drones, eliminando o ‘bando’ de veículos aéreos. Eu acredito que o Pantsir-S compartilhe o mesmo patamar dos sistemas legendários, tais como o Iskander, S-300, S-400, e o S-500, que será desenvolvido em breve. Sendo assim, este armamento é orgulho nacional. Ele possui uma alta cadência de tiro e bons 'olhos', que são capazes de enxergar a várias dezenas de quilômetros. O sistema pode ser considerado armamento de alta precisão", ressaltou Viktor Baranets.

    Mais:

    Rebelião das máquinas: como drones se tornam arma poderosa de terroristas
    'Ataque de drones contra bases russas na Síria é sinal muito perigoso para todo o mundo'
    Hmeymim pouco protegida: o que drones terroristas podem causar?
    Tags:
    arma, Pantsir-S, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar