04:18 20 Setembro 2018
Ouvir Rádio
    Bombardeiro estratégico americano B-52

    B-52 dos EUA praticarão bombardeios massivos a 100 km da fronteira russa

    © AFP 2018 / EPA PHOTO/PA/TIM OCKENDEN
    Defesa
    URL curta
    26624

    Os bombardeiros estratégicos B-52 dos EUA participarão das manobras realizadas pelas Forças de Defesa estonianas no espaço aéreo do país organizador. Está previsto que os pilotos treinarão lançamentos de bombas aéreas guiadas.

    No decurso dos treinamentos, os aviões norte-americanos voarão a uma altura de seis quilômetros e lançarão modelos de bombas guiadas — sem carga explosiva.

    O exercício conjunto com os bombardeiros estratégicos "será perfeito para praticar ataques aéreos massivos contra alvos terrestres", diz o comunicado do serviço de imprensa da Defensa da Estônia.

    Os treinamentos ocorrerão no polígono central do Exército da Estônia, localizado no leste do país à distância de 113 km da fronteira com a Rússia.

    Os bombardeiros estratégicos subsônicos estadunidenses B-52 estão em serviço desde 1955. Durante sua vida receberam várias modernizações para continuarem em serviço.

    Os aviões deste tipo são capazes de transportar 30 toneladas de armamento de diferentes tipos, incluindo bombas aéreas convencionais e guiadas, bem como mísseis de cruzeiro e minas lançadas do ar.

    Ao mesmo tempo, essas aeronaves são capazes de carregar armas nucleares.

    Mais:

    EUA enviam bombardeiros B-52 para treinamentos perto da Rússia
    Bombardeiro B-52 americano perde motor durante voo
    Demonstração de força: bombardeiro dos EUA sobrevoa península da Coreia
    Arma suprema: EUA receiam 'dueto' de bombardeiro modernizado Tu-160M2 e mísseis Kalibr
    Bombardeiro nuclear furtivo dos EUA chega à Ásia antes da visita de Trump
    Tags:
    lançamento, bombas guiadas, simulação, aviões, bombardeiro estratégico, treinamento militar, B-52, Ministério da Defesa, Rússia, Estônia, EUA
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik