08:16 03 Julho 2020
Ouvir Rádio
    Defesa
    URL curta
    3230
    Nos siga no

    As divisões de Defesa Radiológica, Química e Biológica realizaram manobras táticas de liquidação das consequências de um ataque com armas de destruição maciça de um inimigo convencional nos navios da Flotilha do Mar Cáspio, informou a assessoria de imprensa do Distrito Militar do Sul.

    "Segundo o cenário das manobras, durante a deslocação de navios da Flotilha do Mar Cáspio de uma base para outra, foi detectada poluição radioativa da área. As divisões de Defesa Radiológica, Química e Biológica foram postas em alerta total para realizar uma operação de desativação dos sítios contaminados", lê-se em um comunicado.

    Ao sinal de "ameaça radioativa", as tripulações dos navios começaram a treinar a utilização dos equipamentos de proteção individual e controlo da radiação. As divisões de Defesa Radiológica, Química e Biológica iniciaram a liquidação das consequências de um ataque através do tratamento do casco do navio e suas superfícies com os meios de desativação.

    Para evitar os efeitos negativos da radiação na tripulação, todos os postos de combate e pontos de comando são hermeticamente fechados. Para além disso, todos os navios estão equipados com medidas de proteção coletiva dos tripulantes e com sistemas de prevenção de contaminação.

    Das manobras participaram os navios de mísseis Tatarstan, Dagestan e Grad Sviyazhsk.

    Tags:
    manobras, navios, Marinha, Mar Cáspio, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar