03:25 28 Maio 2018
Ouvir Rádio
    Grupo de caças russos MiG-31 nos céus de Moscou

    Novo MiG-41 russo será capaz de 'caçar' mísseis hipersônicos

    © Sputnik / Aleksandr Galperin
    Defesa
    URL curta
    14482

    O novo caça interceptor russo MiG-41 poderá neutralizar ataques de mísseis hipersônicos, tornando-se o avião mais rápido do mundo, afirmou o presidente do Comitê de Defesa e Segurança do Conselho da Federação (câmara alta do parlamento russo), Viktor Bondarev, ao canal russo Zvezda.

    "Supõe-se que o MiG-41 vá ser o mais rápido caça do mundo e, além disso, invisível aos radares. Poderá resistir não apenas a ameaças convencionais de baixa manobrabilidade como mísseis de cruzeiro, bombardeiros, drones, mas também às de mísseis hipersônicos", sublinhou Victor Bondarev, citado pelo Zvezda.

    De acordo com o ex-militar, o alcance deste avião variará entre 700 e 1.500 quilômetros. Engenheiros aeronáuticos russos planejam armá-los com mísseis R-37 da classe ar-ar e outros projéteis novos.

    O senador assegurou que a Rússia receberá o novo interceptor antes de 2028, ano em que expirará o prazo de serviço do caça russo MiG-31. Atualmente, engenheiros estão realizando tarefas de investigação e desenvolvimento experimental do MiG-41.

    "É muito cedo para falar do novo caça em serviço; o mais provável é que ele entre em ação depois de 2025", afirmou.

    A corporação russa MiG está trabalhando no conceito de um novo interceptor de longo alcance e pode começar a construir o avião em 2018. Anteriormente, a Corporação de Aeronaves Unidas, da qual faz parte a MiG, anunciou que o início dos trabalhos depende da aprovação do novo programa estatal de armamento da Rússia.

    Anteriormente, Ilya Tarasenko, diretor-geral da corporação MiG, declarou que o herdeiro do MiG-31, ou seja, o MiG-41, "será furtivo e capaz de operar no espaço".

    Mais:

    Caça ao Ohio: como aviação naval russa detecta submarinos dos EUA
    EUA ampliarão bases aéreas na Europa para conter 'agressão russa'
    Tags:
    míssil hipersônico, inovação, caça, MiG-31, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik