23:43 18 Dezembro 2018
Ouvir Rádio
    Soldados do exército dos EUA na Letônia participam da operação Atlantic Resolve da OTAN

    EUA gastarão mais de US$ 200 milhões para modernizar suas bases aéreas no Leste Europeu

    © REUTERS / Ints Kalnins
    Defesa
    URL curta
    412

    Estados Unidos planejam gastar mais de 200 milhões de dólares (R$ 660 milhões) para modernizar e construir instalações militares em suas bases aéreas no Leste Europeu.

    De acordo com Air Force Times, o plano faz parte da iniciativa para "conter a agressão da Rússia".

    O orçamento militar para o ano fiscal de 2018 inclui uma dotação de cerca de 214 milhões de dólares (R$ 705 milhões) para construir instalações militares em vários países do Leste Europeu, bem como na Islândia e na Noruega.

    O documento, assinado por Donald Trump, em 12 de dezembro autoriza a Força Aérea norte-americana a comprar terrenos e a construir instalações fora dos EUA.

    Em janeiro, os EUA renomearam oficialmente seu programa de ajuda militar a aliados europeus como Iniciativa Europeia de Contenção. A Aliança Atlântica reforça que suas decisões são embasadas nas "ações agressivas da Rússia" na Geórgia (desde 2008) e na Ucrânia (desde 2014).

    A OTAN aprovou, em julho de 2016, um aumento sem precedentes de sua presença militar no Leste Europeu ao decidir implantar quatro batalhões multinacionais, de mais de mil soldados cada um, na Estônia, Letônia, Lituânia e Polônia.

    Ao mesmo tempo, o bloco militar continua instalando elementos do escudo antimíssil dos EUA na Europa.

    Em maio de 2016, o sistema norte-americano Aegis Ashore, uma parte do escudo antimíssil da OTAN, entrou em serviço na base Deveselu da Romênia, a 600 quilômetros a oeste da península da Crimeia russa.

    O Pentágono está construindo outra instalação similar com radares e mísseis interceptores na cidade polonesa de Redzikowo, a 180 quilômetros da região de Kaliningrado, enclave da Rússia situado na costa do mar Báltico entre a Polônia e a Lituânia.

    Mais:

    Defesa russa divulga imagens de comboio do Daesh poupado por coalizão dos EUA
    Coalizão liderada pela Arábia Saudita ataca Ministério da Defesa do Iêmen
    Tags:
    orçamento militar, OTAN, Leste Europeu, Rússia, EUA
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik