10:44 21 Abril 2018
Ouvir Rádio
    Sistemas de mísseis antiaéreos S-300

    S-300 ou Buk-M3: qual sistema de defesa antiaérea escolherá a Sérvia?

    © Sputnik / Ramil Sitdikov
    Defesa
    URL curta
    1180

    A Sérvia planeja comprar um sistema de defesa antiaérea russo. Mas de qual sistema se trata? O analista militar Miroslav Lazanski deu sua opinião.

    O presidente da Sérvia, Aleksandar Vucic, declarou, ao anunciar sua visita à Rússia, que pretende comprar seis helicópteros russos bem como sistema de defesa antiaérea. 

    O analista militar do jornal Politika Miroslav Lazanski, em uma entrevista à Sputnik Sérvia, declarou que a variante mais evidente, o sistema S-300, não é aceitável para a Sérvia, porque seus países vizinhos e membros da OTAN, Grécia e Bulgária, já têm esses sistemas. Belgrado precisa comprar um sistema mais moderno.

    "A melhor opção é o sistema antiaéreo de curto alcance Pantsir S1 ou sistema de mísseis Buk-M3, porque eles são compatíveis com o sistema de defesa antiaérea russo ZRK KUB, que nós já possuímos. Neste caso, receberíamos um sistema antiaéreo sólido de médio alcance – isso é suficiente para nós", disse o especialista.

    Segundo Lazanski, a Sérvia não deve comprar os sistemas de defesa antiaérea mais caros tentando mostrar que o país é um líder nos Bálcãs.

    "Não temos dinheiro, ao mesmo tempo não é suficiente apenas comprar o sistema. Se compram qualquer versão do S-400, precisam de pelo menos uma divisão, ou seja, três baterias – 18 carros com quatro lançadores em cada um. Além disso, mísseis e radares. Tudo isso vai custar uma fortuna", explicou ele.

    Quanto aos helicópteros, a Sérvia escolheu os de produção russa porque o país já tem três helicópteros russos Mi-17 e alguns Mi-8, que precisam de restauração.

    "Temos toda a logística necessária, a planta Moma Stanojlovic tem todas as ferramentas para a restauração. Os pilotos passarão de Mi-8 para Mi-17 facilmente. Do ponto de vista econômico, é a melhor variante. O Mi-17 é o melhor helicóptero de transporte no mundo e é mais barato que seus análogos ocidentais", concluiu Lazanski.

    Em alguns casos, as entregas de armamentos russos à Sérvia são realizadas em condições concessionais. Por exemplo, em 2016 a Rússia e a Sérvia concordaram com o fornecimento de seis caças MiG-29 e 30 tanques T-72S e BRDM-2 no âmbito da assistência técnica-militar.

    Mais:

    Mídia: S-300 russos fazem EUA reconsiderar sua estratégia na Síria
    Tags:
    defesa antimísseis, defesa antiaérea, tanque, helicópteros, Mi-17, Buk-M3, S-300, Rússia, Sérvia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik