18:45 14 Dezembro 2017
Ouvir Rádio
    Caça F-15 japonês (foto de arquivo)

    Mídia: Japão está preparando resposta bélica à Coreia do Norte

    © REUTERS/ Kyodo
    Defesa
    URL curta
    Coreia do Norte lança mais um míssil (38)
    863

    As autoridades japonesas tencionam comprar mísseis estadunidenses capazes de alcançar a Coreia do Norte.

    De acordo com fontes da agência, Tóquio estudará a possibilidade de equipar sua frota de caças táticos F-15 com mísseis de cruzeiro de alta precisão JASSM-ER com 1.000 km de alcance que serão capazes de atingir o território da Coreia do Norte e, até mesmo, o da China continental, informa a Reuters.

    Além disso, a mídia japonesa anteriormente informou que as autoridades do país estão interessadas em equipar seus aviões de combate F-35 com mísseis noruegueses Joint Strike Missile (JSM), capazes de alcançar alvos terrestres e navais a uma distância de até 500 quilômetros.

    Espera-se que os fundos para adquirir as armas em questão sejam atribuídos no âmbito do novo orçamento militar do Japão.

    No entanto, tais afirmações de fontes anônimas da Reuters contradizem a posição oficial do governo japonês. Atualmente, o Japão adere aos acordos internacionais sobre restrições de armas ofensivas e tem em seu arsenal mísseis antiaéreos e antinavios com alcance de menos de 300 quilômetros.

    Além disso, mais cedo o ministro da Defesa japonês, Itsunori Onodera, tem afirmado que Tóquio não tem planos de atribuir fundos para adquirir mísseis de longo alcance, mas espera que em caso de um conflito os EUA realizem ataques contra as bases inimigas.

    Na noite de 28 para 29 de novembro, a Coreia do Norte lançou o míssil Hwasong-15, que percorreu uma distância de 950 quilômetros e caiu a 210 quilômetros do litoral do Japão.

    Tema:
    Coreia do Norte lança mais um míssil (38)

    Mais:

    Coreia do Sul, EUA e Japão esperam novo lançamento de míssil por Pyongyang em alguns dias
    Japão: testes nucleares e de mísseis da Coreia do Norte são absolutamente inaceitáveis
    Japão prepara aviões de combate em reposta a uma 'ameaça' chinesa
    Resposta aos agressores: Japão pretende desenvolver análogo do Tomahawk norte-americano
    Tags:
    bases norte-americanas, armas, testes de mísseis, testes nucleares, longo alcance, mísseis de cruzeiro, caças, F-22, Reuters, Ministério da Defesa do Japão, Estado-Maior Conjunto, Itsunori Onodera, EUA, Coreia do Norte, Península da Coreia, Japão
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik