15:44 10 Abril 2020
Ouvir Rádio
    Defesa
    URL curta
    5340
    Nos siga no

    O diretor da empresa aeronáutica Kamov contou em entrevista exclusiva à Sputnik que sua companhia está disposta a instalar parte da produção de equipamentos em um país latino-americano.

    A construtora russa de helicópteros Kamov está disposta a realizar um projeto conjunto com companhias latino-americanas, afirmou à Sputnik Mundo seu diretor-executivo, Sergei Mikhailyuk.

    "Gostaríamos de trabalhar neste projeto [conjunto] e esperamos que […] seja interessante a países latino-americanos. […] Gostaríamos de ver mais helicópteros russos nos países da região", disse.

    O diretor-executivo sublinhou que os equipamentos russos são amplamente usados na América Latina, onde realizam muitas tarefas. Mikhailyuk especificou que aeronaves russas são utilizadas no Peru, Brasil e Colômbia, mas também podem ser encontradas na Nicarágua, México e no Equador.

    Em 2015, a Vertolyoty Rossii (Helicópteros da Rússia) concordou em criar uma empresa conjunta com uma companhia indiana. Nomeadamente, a Rússia e a Índia procuraram instalar a produção de helicópteros Ka-226 no território indiano.

    Mais:

    Empresa russa anuncia venda de avançados helicópteros Mi-171A2 para a Índia
    Por que Rússia reforça seu potencial militar na fronteira ocidental?
    Tags:
    produção, cooperação, helicóptero, Kamov, Vertolyoty Rossii (Helicópteros da Rússia), Nicarágua, Peru, Colômbia, Brasil, América Latina, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar