02:00 16 Julho 2018
Ouvir Rádio
    Revólver russo Osa, a vespa

    Rússia continuará fornecendo armas que não matam a policiais norte-americanos

    © Sputnik / Grigory Sysoyev
    Defesa
    URL curta
    360

    Rússia seguirá fornecendo pistolas inovadoras russas não letais do tipo Osa a policiais dos EUA, informaram, no salão de segurança Milipol Paris, fontes da exportadora russa de armas, Rosoboronexport.

    Valery Varlamov, chefe do Departamento de Segurança da exportadora russa e representante da delegação que está em Paris para participar do evento mundial, informou ao portal Russkoe Oruzhie que a exportação dos revólveres Osa aos Estados Unidos é mais possível do que nunca graças à mudança da lei russa sobre exportações de armas, modificada neste ano. "Trata-se de um mercado novo para nós", disse Varlamov e assegurou que a empresa fará o seu melhor.

    O primeiro lote de revólveres Osa chegou ao território norte-americano em 2016. No total, 60 armas de fogo e 10.000 munições foram distribuídas entre policiais do estado do Arizona. Trata-se da primeira compra oficial de equipamento russo de segurança pela polícia norte-americana.

    A assessoria de imprensa da fabricante russa destacou que as avaliações preliminares sobre a arma foram muito altas.

    O segredo da 'vespa'

    A caraterística básica da Osa (vespa) é seu gatilho singular eletrônico e inteligente controlado por um chip em seu interior. Antes de disparar, Osa utiliza um gerador eletromagnético compacto como fonte de energia. Quando se pressiona, o chip faz uma análise e recalcula os cartuchos disponíveis.

    Em caso de obstrução, o revólver busca automaticamente outra bala para detoná-la sem necessidade de recarregá-la, como uma pistola automática, já que toda a operação demora não mais do que microssegundos. O mecanismo de disparo melhora também a segurança de manuseio por ser impossível dispará-la por causa de um golpe ou acidentalmente.

    Mais:

    Coragem e firmeza: menino tira seu próprio dente com pistola
    Pequenas, mas poderosas: as 5 pistolas russas pouco conhecidas
    Moscou ajuda América Latina na luta contra tráfico de drogas
    Tags:
    segurança, balas, fornecimento, armas, polícia, Rosoboronexport, Rússia, EUA
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik