19:02 14 Dezembro 2017
Ouvir Rádio
    Caça russo Su-34

    Novos bombardeiros russos Su-34 estão se preparando para entrar em serviço

    CC0 / poter.simon
    Defesa
    URL curta
    2120

    A Força Aeroespacial da Rússia recebeu mais uma frota de novos bombardeiros Su-34.

    No âmbito da encomenda estatal de 2017, a empresa aeronáutica russa Sukhoi, entregou mais uma frota de novos caças-bombardeiros Su-34 à Força Aeroespacial da Rússia, informou na segunda-feira (20), o serviço de imprensa da empresa.

    "A empresa Sukhoi entregou ao Ministério da Defesa da Rússia mais uma frota de bombardeiros Su-34 no âmbito da encomenda estatal de 2017. Os aviões decolaram do aeródromo da fábrica de aviões de Chkalov, localizada na cidade russa de Novosibirsk, e dirigiram-se para suas futuras bases", diz o comunicado da empresa.

    Destaca-se que hoje, a fábrica de aviões funciona em sua capacidade máxima. Além disso, o contrato corrente com o Ministério da Defesa da Rússia, quanto às entregas de aviões Su-34 à Força Aeroespacial russa até 2020, garante o funcionamento da fábrica para os próximos anos e marca as perspectivas de desenvolvimento em longo prazo.

    Anteriormente, o vice-ministro da Defesa da Rússia, Yury Borisov, salientou que os aviões Su-34 "provaram ser altamente eficazes na luta contra os terroristas na Síria".

    Encomendado em 2014, o caça-bombardeiro Sukhoi Su-34 já demonstrou que é um avião de ataque capaz de destruir alvos terrestres, marítimos e aéreos, quaisquer que sejam as condições meteorológicas ou a hora do dia.

    Mais:

    Novos SU-34 chegam à Região Militar Oriental da Rússia
    Modernização do caça-bombardeiro Su-34 se baseará na experiência russa na Síria
    Su-34 mais recentes realizam exercícios de tiro no Extremo Oriente russo
    Extremo Oriente da Rússia recebe novos aviões Su-34
    Bombardeiros russos Su-34 simulam combate na estratosfera
    Bombardeiro Su-34 batizado com nome de piloto russo morto na Síria
    Tags:
    aviões, fábrica, contrato, entregas, bombardeiros, caças russos, Su-34, Sukhoi, Força Aeroespacial da Rússia, Ministério da Defesa (Rússia), Yuri Borisov, Síria, Novosibirsk, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik