19:06 17 Novembro 2019
Ouvir Rádio
    Lançamento de um míssil dos EUA

    Deputado russo: EUA violarão o Tratado INF se desenvolverem míssil de médio alcance

    © Foto / Departamento de Defesa dos EUA
    Defesa
    URL curta
    451
    Nos siga no

    Apesar das tentativas dos EUA de se justificarem quanto à sua decisão de desenvolver novo míssil de médio alcance, a Rússia continuará considerando tais ações como "violação direta do Tratado INF".

    A decisão dos EUA de desenvolver um míssil de médio alcance viola o Tratado de Forças Nucleares de Alcance Intermediário (Tratado INF), declarou o vice-chefe do Comitê da Defesa da Duma de Estado (Câmara Baixa do parlamento russo), Yury Shvytkin.

    Mais cedo, foi informado que o Congresso dos EUA concordou com todos os detalhes necessários para permitir os gastos em desenvolvimento de um míssil de médio alcance. Tal decisão foi tomada em resposta à alegada violação por parte da Rússia do Tratado INF.

    Segundo os documentos publicados pelo Comitê de Serviços Armados do Senado, o novo orçamento militar prevê a atribuição de US$ 58 milhões (R$ 190 milhões) para desenvolver o novo míssil.

    No entanto, o vice-chefe do Comitê da Defesa da Duma de Estado russo declarou em um comentário à Sputnik, que nessa situação a violação vem por parte dos EUA.

    "É uma violação direta do Tratado INF por parte dos Estados Unidos, uma ação inaceitável que revela a política de duplo padrão de Washington e seu desrespeito quanto aos compromissos assumidos".

    Em sua opinião, os EUA tentam desenvolver as relações com Rússia apenas com palavras e, ao mesmo tempo, dificultam o aliviamento das tensões.

    Além disso, o deputado russo indicou que tais ações dos EUA requerem contramedidas "tomadas ao mais alto nível".

    O Tratado INF é um acordo internacional entre Estados Unidos e União Soviética, assinado em 8 de dezembro de 1987. O acordo proíbe ambos os países de possuírem mísseis balísticos e mísseis de cruzeiro nucleares ou convencionais com alcances entre 500 e 5.500 km.

    Mais:

    Sistema de 'pesos e contrapesos' do Tratado INF deixou de ser vantajosa para Washington?
    Washington quer introduzir mais sanções antirrussas por Moscou 'violar' Tratado INF
    Representante da Casa Branca diz que Tratado INF serve para conter russos, não americanos
    Ex-funcionário do Pentágono: saída do Tratado INF abre caminho para corrida nuclear
    Mísseis dos EUA na Polônia são uma gravíssima violação do Tratado INF, diz Moscou
    Tags:
    gastos militares, orçamento militar, médio alcance, míssil balístico, desenvolvimento, violação, aprovação, Tratado de Forças Nucleares de Alcance Intermediário, Duma de Estado, Congresso dos EUA, Yuri Shvytkin, EUA, Washington, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar