21:03 12 Dezembro 2019
Ouvir Rádio
    Navio ligeiro de mísseis Grad Sviyazhinsk dispara míssil Kalibr

    Mísseis russos Kalibr causam pânico entre terroristas na Síria

    © Sputnik / Denis Abramov
    Defesa
    URL curta
    11570
    Nos siga no

    Em 31 de outubro, o submarino russo Veliky Novgorod realizou um ataque com mísseis de cruzeiro Kalibr, contra as posições do Daesh em Deir ez-Zor. O especialista militar Boris Rozhin disse ao serviço russo da Rádio Sputnik que esses projéteis realizam ataques efetivos e de alta precisão contra a infraestrutura militar dos jihadistas.

    "[Os ataques com os mísseis Kalibr] se tornaram uma prática habitual. Os lançamentos dos navios e submarinos estacionados na parte oriental do mar Mediterrâneo […] servem como apoio às operações do Exército sírio e para eliminar os altos cargos jihadistas e destruir a infraestrutura logística e material dos terroristas", disse o analista.

    Rozhin está certo que essa prática continuará sendo realizada mesmo depois da derrota do Daesh (organização terrorista proibida na Rússia). O especialista explicou que na Síria há muitos terroristas da Frente al-Nusra, o que significa que "há muitos alvos para os navios e submarinos russos".

    Além disso, o analista destacou a alta eficácia dos ataques com mísseis russos.

    "Quando o reconhecimento está realizado de maneira adequada, esse tipo de míssil pode destruir um objeto bastante grande: seja uma posição defensiva, um armazém com munições ou um lugar onde se realiza uma reunião dos líderes terroristas", disse ele.

    Rozhin destacou que os mísseis Kalibr são usados em operações específicas, mas sua eficácia complementa outros meios de ataque usados pelo Exército russo na Síria.

    "Os ataques com o Kalibr não tem como objetivo a publicidade. Essas operações ajudam na realização de tarefas muito complicadas que buscam desorganizar os jihadistas. Isso é reconhecido não apenas por analistas russos, mas também pelo Ocidente", concluiu o especialista militar.

    Engenheiros militares russos na Síria
    © Foto / Ministério das Relações Exteriores da Rússia
    Em 31 de outubro de 2017, o submarino Veliky Novgorod lançou a partir da parte oriental do mar Mediterrâneo, em posição submersa, um ataque maciço com mísseis de cruzeiro Kalibr contra instalações importantes do Daesh na província de Deir ez-Zor. Como resultado do ataque com três mísseis de cruzeiro, foram destruídos postos de comando terroristas, uma área fortificada com concentração de militares e materiais blindados, bem como um grande arsenal de armas e munições do Daesh. 

    Mais:

    Modelos à escala de mísseis de cruzeiro Kalibr serão apresentados no Fórum EXÉRCITO 2016
    Tags:
    mísseis, terrorismo, Kalibr, Daesh, Síria, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar