10:30 28 Setembro 2021
Ouvir Rádio
    Defesa
    URL curta
    1162
    Nos siga no

    O comandante-chefe da Marinha da Rússia, Vladimir Korolev, enumera a força naval da Rússia em todos os oceanos.

    Segundo declarou Vladimir Korolev ao jornal Krasnaya Zvezda, a Marinha russa recuperou sua presença nos oceanos mundiais.

    "A Marinha russa recuperou sua presença nos oceanos mundiais, como deve fazer a frota de uma potência naval na realidade. Há mais de 100 navios de todas as quatro frotas em zonas longínquas e do mar", destacou.

    Ao mesmo tempo, o militar salientou que o aumento da presença militar naval é destinado unicamente para "defender os interesses do país e garantir a estabilidade em meio a novas ameaças no mar".

    Sendo assim, a Marinha da Rússia está desempenhando a tarefa dada pelo ministro da Defesa russo, Sergei Shoigu, de "tornar essa presença ainda mais efetiva".

    Além disso, o comandante-chefe da Marinha russa sublinhou que, além da expansão da presença militar nos oceanos mundiais, foram criados vários órgãos militares operativos, por exemplo, no Ártico e no mar Mediterrâneo para continuidade do aperfeiçoamento da Marinha da Rússia.

    Mais:

    Explosão nas profundezas do mar: manobras agitadas da Marinha russa (VÍDEO)
    Marinha da Rússia realiza exercícios no Pacífico em meio às tensões na Coreia (VÍDEO)
    Tudo o que resta à Ucrânia é ameaçar a Marinha da Rússia com lanchas
    Primeiro navio hidrofólio de nova geração estreia na Rússia e pasma passageiros
    Navio russo defenderá o Atlântico Ocidental de piratas
    Tags:
    Rússia, Mar Mediterrâneo, Ártico, Oceano Global, Vladimir Korolev, Sergei Shoigu, Marinha da Rússia, Ministério da Defesa (Rússia), frota, navios russos, presença militar, defesa, segurança, ameaças, proteção
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar