08:28 25 Setembro 2020
Ouvir Rádio
    Defesa
    URL curta
    451229
    Nos siga no

    As novas armas radioeletrônicas que a Rússia está desenvolvendo serão "mais potentes do que a bomba nuclear" e serão capazes de destruir exércitos, informou o tabloide britânico The Daily Star.

    Segundo o The Daily Star, o projeto russo mais impressionante é o potente míssil radioeletrônico Alabuga que, alegadamente, pode desligar todas as ogivas de mísseis e equipamento eletrônico dos inimigos à distância de 3,5 quilômetros. 

    Os jornalistas declararam que o míssil radioeletrônico pode colocar fora de combate os tanques e eliminar combatentes inimigos em abrigos subterrâneos a 100 metros de profundidade.

    Anteriormente, a mídia informou sobre a criação do potente míssil radioeletrônico Alabuga. O conselheiro do vice-diretor do consórcio russo Tecnologias Radioeletrônicas, Vladimir Mikheev, sublinhou que o Alabuga não é apenas uma arma, é um complexo de investigações científicas que definiram as principais direções de desenvolvimento de armas radioeletrônicas do futuro. Todos os dados obtidos durante as investigações foram classificados e o tema das armas radioeletrônicas foi definido como tecnologia crítica altamente secreta, concluiu Mikheev.

    Tags:
    tecnologia, equipamento militar, armas, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar