00:52 26 Setembro 2017
Ouvir Rádio
    Militares do Corpo de Guardiões da Revolução Islâmica (CGRI) marcham durante uma parada militar em homenagem à Guerra Irã-Iraque, de 1980-1988

    Irã revela pela primeira vez que tem seu próprio 'pai de todas as bombas'

    © REUTERS/ MORTEZA NIKOUBAZL
    Defesa
    URL curta
    654203335

    Teerã tem à sua disposição uma bomba de 10 toneladas da sua própria produção, comunicou o comandante da Força Aeroespacial do Corpo de Guardiões da Revolução Islâmica do Irã, Amir Ali Hajizadeh, chamando-a de "pai de todas as bombas", fazendo alusão à bomba não nuclear semelhante dos EUA.

    "Por encomenda da Força Aeroespacial, a indústria militar produziu uma bomba com cerca de 10 toneladas de peso que pode ser lançada a partir de aviões da marca Ilyushin [Il]", disse Hajizadeh em uma entrevista à emissora IRIB, frisando que a arma tem uma capacidade de destruição enorme.

    O militar iraniano afirmou isso na televisão nacional na noite de sexta-feira (15), quando lhe foi pedido para comentar suas próprias palavras. Anteriormente, o comandante tinha dito que "se os EUA têm a ‘mãe de todas as bombas', então o Irã tem o ‘pai das bombas'".

    Em meados de abril, os EUA lançaram a bomba não nuclear superpotente GBU-43 sobre o território afegão com o fim de atingir terroristas do grupo Daesh, proibido na Rússia e em vários outros países. De acordo com o Pentágono, a "mãe de todas as bombas", como denominam a munição de 9 toneladas, foi a maior munição não nuclear alguma vez usada pelos EUA.

    Mais:

    Trump acusa o Irã de ferir o 'espírito' do acordo nuclear
    Estados Unidos adotam novas sanções contra o Irã
    'Programa de mísseis do Irã não pode ser comparado com o da Coreia do Norte'
    Tags:
    bomba, Corpo de Guardiões da Revolução Islâmica, Amir Ali Hajizadeh, EUA, Irã
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik