14:37 20 Outubro 2019
Ouvir Rádio
    Ka-62 na exposição do equipamento aéreo (foto de arquivo)

    Ka-62: uma máquina de que muitos estão à espera

    © Sputnik / Vitaly Ankov
    Defesa
    URL curta
    11110
    Nos siga no

    No quadro do III Fórum Econômico do Oriente, que está sendo realizado na cidade russa de Vladivostok, o grupo de empresas Vertolyoty Rossii (Helicópteros da Rússia) apresentou pela primeira vez ao público russo e estrangeiro o novo helicóptero multitarefas Ka-62.

    Helicóptero Ka-62
    © Foto / Assessoria de imprensa de Vertolyoty Rossii
    O aparelho tem um peso máximo à decolagem de 6.500 quilos e capacidade de carga de 2.000 quilos ou 12-15 pessoas.

    Este é o segundo protótipo funcional da aeronave desenvolvida pela empresa de aviação Progress (Progresso), situada na região de Primorie.

    É óbvio que só por dois exemplares funcionais é ainda difícil avaliar completamente as vantagens e desvantagens desse helicóptero, mas, mesmo assim, a Sputnik Vietnã entrevistou o perito russo em aviação Makar Aksenenko, um piloto com uma experiência rica de voo em meios aéreos de vários tipos, e lhe pediu para expressar sua opinião.

    "Infelizmente, o percurso do Ka-62, tal como o de muitos outros modelos de aeronaves com origens soviéticas, foi bastante difícil. Mas é muito bom que tenha acontecido a 'estreia' do veículo, mesmo que com um pequeno atraso", disse o especialista.

    "Há a esperança que em breve a aviação civil receba este aparelho de asas rotativas multitarefas de classe média. Ele poderá ser usado quando os helicópteros leves não são capazes de cumprir todo o volume de trabalhos de transporte ou de resgate e a aplicação de veículos de classe média Mi-8 (Mi-17, Mi-38, Mi-171) seja muito dispendiosa. Ou seja, quando em termos de 'custo-eficácia', do ponto de vista econômico e de capacidade de carga real, seja mais adequado usar um helicóptero 'do primeiro grupo de classe média'. Vale ressaltar que o Ka-62 pertence a este grupo."

    Helicóptero Ka-62
    © Foto / Assessoria de imprensa de Vertolyoty Rossii
    Todos os modelos anteriores de helicópteros Kamov usam sistemas coaxiais: duas hélices de sustentação girando em direções diferentes. Porém, o Ka-62 foi projetado com um esquema diferente: uma hélice de sustentação de cinco pás e um rotor de cauda de múltiplas pás. Contudo, ele não fica fora, mas incorporado dentro da quilha. Este esquema do tipo Fenestron ainda não tinha sido aplicado na Rússia. Makar Aksenenko destaca suas vantagens e outras características positivas do novo helicóptero.

    "Este esquema é largamente usado pelos construtores aeronáuticos no estrangeiro, principalmente nos helicópteros de classe leve. Esta foi a primeira vez que os construtores russos aplicaram este esquema, sendo que foi em um veículo de classe média, mesmo que ele tenha sido tornado mais leve. A hélice do tipo Fenestron não é afetada pela poeira, lixo e cascalho quando usada em aeródromos de terra e pistas de helicópteros. Além disso, este tipo de hélice tem menos perdas dinâmicas, ela fornece uma melhor aerodinâmica com velocidades altas. O Ka-62 é um veículo bastante rápido, a forma dele se parece com um golfinho e pode atingir uma velocidade de cerca de 300 km/hora. Para isso, é preciso que a quilha e o sistema de direção de cauda sejam aerodinâmicos o máximo possível. A experiência de dirigir outros veículos com este esquema de hélice prova que eles são muito leves e manobráveis. Juntando tecnologias digitais modernas ao sistema de comando, obtemos um veículo com características de pilotagem perfeitas. E o fato que o Ka-62 demorou a aparecer, também foi útil. Ele foi equipado com novos elementos de controle elétricos remotos e uma nova aviônica. Além do mais, o helicóptero está equipado com os famosos motores franceses Turbomeca [modelo Ardiden 3G]. Não se deve recear isso, pelo contrário, este fato permitirá manter a cooperação com parceiros estrangeiros e usar esquemas testados nos veículos perspectivos. Segundo eu sei, as ligações entre construtores russos de helicópteros e a empresa Turbomeca são bastante fortes, apesar da situação política."

    O helicóptero Ka-62 foi apresentado como um veículo multitarefas. Segundo o especialista, ele seria mais adequado para seguintes tarefas:

    "Em primeiro lugar, o transporte aéreo entre os centros de regiões adjacentes, até ao pouso em pistas limitadas dentro da cidade: como os telhados de arranha-céus. Segundo, é a aviação de assistência médica, pois as capacidades de carga do veículo o permitem. Terceiro, são operações de busca e resgate. Depois, ele pode ser também usado no transporte de trabalhadores da indústria petrolífera ou de gás até as plataformas marítimas. Atualmente, este trabalho é realizado por helicópteros ingleses e italianos AgustaWestland AW139, da mesma classe. Estes famosos veículos são muito vendidos no mercado russo. Contudo, com o lançamento do Ka-62 aparecerá uma chance de concorrer com eles neste segmento de transporte. Finalmente, ele poderá ser utilizado como uma aeronave civil embarcada em navios da frota de quebra-gelos ou como helicóptero para abastecimento de diferentes expedições em latitudes elevadas. Como conclusão, este veículo é necessário para muitos consumidores civis. E não apenas na Rússia", concluiu Makar Aksenenko.

    Mais:

    Rússia vai testar no Irã o helicóptero multiuso Ka-226T (FOTO, VÍDEO)
    Novo helicóptero americano é apenas um 'brinquedo caro' dado que mal pode voar
    Helicóptero militar dos EUA cai perto da costa da Austrália
    Tags:
    tecnologia, helicóptero, Ka-62, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar