19:13 25 Setembro 2017
Ouvir Rádio
    Caça MiG-31 decola durante os exercícios da aviação de caças na região de Primorie

    Novo caça interceptor russo MiG-41 voará no espaço e poderá ser não tripulado

    © Sputnik/ Vitaly Ankov
    Defesa
    URL curta
    677818452

    O caça MiG-41 (PAK-DP, ou Futuro Complexo Aéreo de Intercepção Distante) que está sendo desenvolvido para substituir o interceptor de grande altitude MiG-31, poderá voar no espaço, afirmou Ilia Tarasenko, diretor-geral da Corporação de Construção Aeronáutica russa a uma cadeia de TV.

    "Já estamos nos debruçando sobre isso. Para nós, é um desenvolvimento natural do avião MiG-31. Este será um avião absolutamente novo e de alta tecnologia. Novas tecnologias, capacidade furtiva, capacidade de voar no espaço, novas velocidades e novo raio de alcance", afirmou Tarasenko ao canal de TV Zvezda.

    Mais cedo, na terça-feira (22), no âmbito do Fórum Internacional Técnico-Militar EXÉRCITO 2017 na cidade de Kubinka, próximo de Moscou, Tarasenko afirmou que este projeto representa uma evolução lógica do seu antecessor MiG-31 e adiantou que suas entregas ao Ministério da Defesa podem começar em meados da próxima década.

    De acordo com o responsável, o MiG-41 será um "avião absolutamente novo" e não uma modernização profunda do MiG-31.

    Ele também comunicou que o interceptor será equipado com novas tecnologias para operação em zonas árticas.

    "Depois, [ele] vai ser transformado em um projeto não tripulado", assinalou.

    Tags:
    tecnologia furtiva, caça, avião, MiG-31, EXÉRCITO 2017, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik