14:05 25 Setembro 2017
Ouvir Rádio
    Caça F-35A Lightning II (foto de arquivo)

    O que pode fazer o caça F-35? (VÍDEO)

    © flickr.com/ US Air Force
    Defesa
    URL curta
    1117706317

    O caça norte-americano F-35A aproveitou sua primeira possibilidade em 10 anos para mostrar suas capacidades. O avião mostra o que pode fazer durante um espetáculo aéreo em Paris.

    Os criadores do avião deram a entender que a longa espera não foi em vão, porque o F-35A é capaz de realizar truques incríveis no ar.

    "Uma década depois do seu primeiro voo, temos agora uma possibilidade para mostrar as capacidades e a manobrabilidade do F-35 […]", disse o piloto Billie Flynn em uma entrevista à Aviation Week.

    O F-35 teve oportunidade de mostrar seu potencial ao grande público entre 19 e 25 de junho no Salão Internacional de Aeronáutica e do Espaço em Paris.

    É preciso lembrar que o caça, que deverá substituir os F-16, A-10, F/A-18 e o AV-8B, foi fortemente criticado, durante sua criação e depois dos primeiros testes, por ter sido um desperdício de dinheiro e não ter cumprido com as expetativas próprias de um caça de quinta geração.

     

    Por exemplo, na semana passada, foram cancelados os voos de 14 caças de quinta geração F-35A por causa de problemas no sistema informático, comunicou o comando da esquadra 211 estacionada na base de Yuma, no estado do Arizona, EUA.

    Além disso, vários vazamentos de informações na mídia revelam que o caça em questão tem caraterísticas piores do que o F-16 dos anos 60 do século passado.

    Agora a empresa responsável pela construção do F-35, a Lockheed Martin, está realizando uma campanha de propaganda bastante agressiva para assinar contratos para a venda  de 440 unidades de F-35A para 11 países, segundo informação de fontes da agência Reuters.

    Mais:

    Declínio do F-35: Airbus pode retirar caças americanos do mercado europeu
    Uma falha atrás da outra: pilotos do F-35 americano voam sem oxigênio
    Fundindo F-22 e F-35: o que querem os EUA contrapor ao T-50 russo
    Tags:
    caça, F-35A, Lockheed Martin, EUA
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik