18:22 18 Dezembro 2017
Ouvir Rádio
    Navio pesado de desembarque russo Korolev

    Marinha russa poderá mascarar assinatura eletromagnética de navios com apenas um clique

    © Sputnik/ Igor Zarembo
    Defesa
    URL curta
    4240

    A partir de hoje, os marinheiros russos são capazes de distorcer e mascarar a assinatura eletromagnética de seus navios com apenas um clique para torná-los menos vulneráveis a torpedos e minas do inimigo. A nova opção é possível graças a supercapacitores, cuja produção em massa foi anunciada pela Marinha, informou o jornal russo Izvestia.

    As tripulações poderão realizar a desmagnetização do navio no mar em caso de ameaça, enganando deste modo o inimigo.

    O novo sistema já foi testado no navio de desembarque Ivan Gren.

    Os comuns, atualmente utilizados pela Marinha, têm alta potência específica, mas baixos parâmetros energéticos específicos.

    Em comparação com os grandes dispositivos de acumulação de energia antigos, a dimensão dos supercapacitores é igual à de uma bateria de automóvel. Sendo incorporados no equipamento de bordo do navio, eles asseguram um processo contínuo de desmagnetização.

    Desenvolvidos pela companhia TEAM, os supercapacitores têm uma capacidade energética de 100 kW/kg, podem funcionar mesmo em temperaturas extremas e ser utilizados em navios, aviões e carros.

    O especialista na área de armamentos navais, Aleksandr Mozgovoi, disse em entrevista ao Izvestia que, enquanto a desmagnetização comum de navios é longa e cansativa, agora ela pode ser realizada dentro das bases navais.

    "Além de sua assinatura acústica única, cada navio também tem sua assinatura eletromagnética individual. Há minas, torpedos e até mísseis com ogivas magnéticas autodirigidas", explicou o especialista.

    Ele acrescentou que as novas tecnologias simplificam significativamente o processo de desmagnetização, pois tudo é feito com apenas um clique. Este sistema também monitora o estado do campo eletromagnético do navio.

    Mais:

    China está desenvolvendo um 'navio arsenal' capaz de transportar milhares de mísseis
    Último navio da Frota Espacial, projeto muito secreto da URSS, se arrisca a desaparecer
    Mídia: o mais novo porta-aviões dos EUA está inoperacional
    Tags:
    equipamentos, inovação, Ivan Gren, Marinha da Rússia, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik