17:02 14 Dezembro 2017
Ouvir Rádio
    B1-B Lancer norte-americano

    Intercepção de aviões dos EUA pelo caça russo Su-27 foi filmada (VÍDEO)

    CC BY 2.0 / poter.simon / Rockwell B-1 Lancer
    Defesa
    URL curta
    19755

    Na Internet surgiu um vídeo da interceptação de um grupo de aviões militares americanos por um caça russo Su-27 sobre o mar Báltico – dois bombardeiros B-1B Lancer, um bombardeiro estratégico pesado B-52, bem como um avião-tanque KC-135 que os acompanhava.

     

    O vídeo foi publicado no canal de YouTube Combat Aircraft.

    Segundo o jornal The Sun, o vídeo foi filmado a partir de um dos bombardeiros. Nele é visto como o Su-27 russo se aproximou dos bombardeiros dos EUA a curta distância e, em seguida, realizou sua manobra.

    O Ministério da Defesa da Rússia informou no dia 6 de junho que um avião de caça russo interceptou e escoltou um bombardeiro americano B-52 que voou ao longo da fronteira com a Rússia sobre o mar Báltico.

    O porta-voz do Pentágono, Jeff Davis, comunicou em 9 de junho sobre um segundo incidente – um caça Su-27 russo interceptou um avião-tanque KC-135R norte-americano que acompanhava os três bombardeiros. Washington sublinhou que a manobra foi segura.

    ​Ambos os incidentes ocorreram durante exercícios navais Baltops, que estão decorrendo no mar Báltico a partir de 1 de junho e durarão até 18 de junho. Das manobras participam 14 países: Holanda, Bélgica, Dinamarca, Estônia, Lituânia, Letônia, Alemanha, Polônia, Finlândia, França, Noruega, Reino Unido, Suécia e Estados Unidos. Além disso, os exercícios envolvem 50 navios de guerra, 50 aviões e helicópteros, bem como cerca de 4.000 soldados.

    Mais:

    Caça Su-27 russo intercepta bombardeiros dos EUA sobre mar Báltico (FOTOS)
    Su-27 russo intercepta bombardeiro estratégico dos EUA no Báltico
    Pentágono: Caça russo intercepta avião da coalizão na Síria
    Tags:
    caças russos, helicópteros, exercícios militares, exercício militar, B-1, Su-27, B-52, Baltops, Mar Báltico, EUA, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik