10:29 20 Julho 2019
Ouvir Rádio
    Porta-aviões USS Carl Vinson em 15 de abril de 2017

    Imprensa: USS Carl Vinson deixará as águas coreanas e voltará aos EUA

    © REUTERS / Sean M. Castellano/Courtesy U.S. Navy
    Defesa
    URL curta
    40135

    O porta-aviões USS Carl Vinson, da Marinha dos EUA, deixará esta semana as água territoriais da Coreia do Sul e retornará à sua base, em San Diego, informou a agência Bloomberg, citando o jornal Joong Ang Ilbo.

    A publicação, com uma fonte no governo sul-coreano, destacou que o porta-aviões deve realizar uma escala no Havaí, mas não informou a data exata do seu retorno aos EUA.

    Uma esquadra naval dos EUA, liderada pelo porta-aviões nuclear USS Carl Vinson, chegou à Península da Coreia no dia 29 de abril. Durante o seu trajeto no Mar do Japão, a embarcação participou de exercícios conjuntos com as forças de defesa aérea do Japão e, em seguida, com a Força Aérea da Coreia do Sul.

    Cerca de 70 aeronaves militares estão a bordo do USS Calr Vinson. Entre estes, 24 caças F/A-18, dez aeronaves de reabastecimento, dez aeronaves S-3A, seis helicópteros táticos EA-6B, quatro aeronaves E-2 especializadas em busca e vigilância aérea.

    A esquadra, além do porta-aviões, é integrada pelo cruzador USS Lake Champlain (CG-57) e pelos contratorpedeiros USS Michael Murphy (DDG-112) e USS Wayne E. Meyer (DDG 108).

    Mais:

    USS Carl Vinson permanecerá na zona da península coreana
    Com 21 dias de atraso, USS Carl Vinson chega à península coreana
    Carl Vinson nuclear está a caminho: Seul se junta aos EUA na realização de treinos navais
    Exército de Kim poderia afundar o USS Carl Vinson americano?
    Tags:
    exercícios navais, porta-aviões, USS Carl Vinson, Península da Coreia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar