10:52 14 Dezembro 2017
Ouvir Rádio
    Avião F-5E Tiger II (arquivo)

    Saiba a razão por trás da ressurreição dos 'tigres' da aviação vietnamita

    CC0 / Museo Nacional de la Fuerza Aérea de Estados Unidos / Northrop F-5E
    Defesa
    URL curta
    26214

    Várias mídias do Vietnã especularam recentemente sobre a possível readoção dos aviões de combate supersónicos F-5E/F Tiger II pela Força Aérea deste país asiático. A Sputnik Mundo falou com um especialista para esclarecer as razões e possíveis consequências da suposta medida.

    Após a reunificação do Vietnã em 1975, a Força Aérea do país herdou do Vietnã do Sul uma numerosa frota de aviões e helicópteros militares de fabricação norte-americana, entre os quais se encontravam vários caças F-5A/B e F-5E/F Tiger II.

    Os assim chamados 'tigres' eram praticamente novos e, durante 10 anos, foram utilizados nas diversas operações militares locais. Cerca de uma década mais tarde, devido a razões técnicas, os caças F-5 foram desmontados e armazenados.

    Após o levantamento do embargo militar ao Vietnã pelos Estados Unidos e a crescente cooperação técnico-militar entre o Vietnã e Israel, país com experiência na modernização de aviões de combate para os países em desenvolvimento, alguns meios de comunicação locais têm sugerido que a Força Aérea vietnamita pode voltar a utilizar as aeronaves F-5 no futuro próximo.

    Makar Aksenenko, especialista em aviação militar, comentou em uma entrevista à Sputnik Vietnã que sim, de fato, os Tigers II seguem armazenados e, se o país tem experiência em usar estes aviões, "seria bastante prático tentar utilizá-los novamente depois de algumas reparações e modernizações".

    O especialista indicou ainda que é provável que o Vietnã recorra a empresas aeronáuticas israelenses para reformar as aeronaves, uma vez que este país já modernizou com sucesso aviões deste tipo para outros países, como Singapura, por exemplo.

    "Desta maneira, a Força Aérea vietnamita poderá, em pouco tempo e de maneira bastante barata, […] repor a sua frota de aviões de ataque", destaca o especialista.

    De acordo com Aksenenko, "a situação militar e política na região de Ásia-Pacífico é bastante alarmante e existe uma probabilidade alta de conflito, o que poderia afetar, direta ou indiretamente, todos os países da região".

    Neste caso, o retorno dos "tigres" pode ser visto como una medida para manter a aviação militar de Vietnã "suficientemente equipada para a [possível] defesa do país".  Porém Axenenko sublinhou que tais aviões são um pouco antigos para as exigências atuais.

    Facebook

    Procure a página Sputnik Brasil no Facebook e descubra as notícias mais importantes. Curta e compartilhe com seus amigos. Ajude-nos a contar sobre o que os outros se calam!

    Mais:

    Novo caça russo Sukhoi se tornará 'exterminador de navios' graças a novo míssil
    Força Aérea de Israel mostra seu caça potente de 5ª geração
    Tags:
    reequipar, caça, avião, F-5, Vietnã
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik