17:25 05 Agosto 2020
Ouvir Rádio
    Defesa
    URL curta
    36203
    Nos siga no

    Rússia mantém em alerta seus sistemas de defesa aérea nas regiões orientais, disse o presidente do Comitê da Defesa e Segurança do Conselho da Federação russo, Viktor Ozerov, comentando o novo lançamento de um míssil balístico realizado pela Coreia do Norte.

    "Somos conscientes de que o míssil não impactou a Rússia nem era dirigido contra ela, mas mantemos em alerta os nossos sistemas de defesa antiaérea no Extremo Oriente russo, para garantir a segurança em caso de possíveis incidentes", afirmou Ozerov.

    Mais tarde o Ministério da Defesa da Rússia avaliou o lançamento do míssil norte-coreano dizendo que este não apresentou qualquer perigo para o país.

    A Coreia do Norte levou a cabo um novo lançamento de um míssil na madrugada de hoje, domingo, (14), desde a província de Pyongan do Norte (oeste do país).

    De acordo com os militares japoneses, o projétil voou por cerca de 30 minutos, percorrendo cerca de 800 quilômetros antes de cair no mar do Japão, cerca de 400 quilômetros a leste da península da Coreia.

    A tensão na península coreana aumentou recentemente, devido à intensificação da atividade militar de Pyongyang, que realizou em 16 e 29 de abril novos testes de mísseis balísticos, em violação das resoluções do Conselho de Segurança da ONU, tendo ambos os testes fracassado.

    Mais:

    Rússia: Coreia do Norte não renunciará às suas armas nucleares enquanto se sentir ameaçada
    Especialista: Pressão dos EUA sobre China para parar Pyongyang pode sair pela culatra
    Japão quer diálogo com Rússia sobre Síria, Coreia do Norte e Curilas
    Pyongyang qualifica novas sanções dos EUA como 'crime torpe contra a humanidade'
    Tags:
    míssil balístico, lançamento, Extremo Oriente, Coreia do Norte, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar