15:27 03 Agosto 2020
Ouvir Rádio
    Defesa
    URL curta
    1347
    Nos siga no

    O Departamento de Estado norte-americano deu cartão verde para a exportação de 160 mísseis para os Emirados Árabes Unidos, no valor aproximado de 2 bilhões de dólares.

    De acordo com a Agência de Cooperação em Segurança da Defesa dos EUA (DSCA), os Emirados pediram 60 mísseis Patriot PAC-3 e 100 GEM-T. Além dos mísseis, a possível venda também inclui equipamentos de teste e suporte, documentação técnica, peças de reserva e reparo e serviços de logística e engenharia. 

    "Essa venda proposta irá contribuir para a política externa e a segurança nacional dos Estados Unidos, aumentando a segurança de um importante aliado, que tem sido e continua a ser uma força para a estabilidade política e para o progresso econômico no Oriente Médio", escreveu a agência. "Essa venda é consistente com as iniciativas dos EUA de providenciar para os aliados na região sistemas modernos que irão elevar a interoperabilidade com as forças americanas e aumentar a segurança".

    Segundo as autoridades da Defesa dos Estados Unidos, o fornecimento desses mísseis para os Emirados Árabes não irá alterar o equilíbrio militar básico no Oriente Médio. 

    Mais:

    Ásia poderia vir a enfrentar sua própria crise dos mísseis de Cuba?
    China testa mísseis na península coreana
    Sistemas de mísseis 'árticos' marcham pela 1ª vez na Praça Vermelha (VÍDEO)
    Tags:
    mísseis, GEM-T, PAC-3, Patriot, DSCA, Oriente Médio, Emirados Árabes, EUA
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar