05:38 14 Agosto 2018
Ouvir Rádio
    Cinco caças Su-25 pintam céu com as cores da bandeira russa durante o ensaio geral da Parada da Vitória, em 7 de maio de 2017

    Parada da Vitória de 2017 será grandiosa, saiba por quê (FOTOS, VÍDEO)

    © Sputnik / Natalia Sileverstova
    Defesa
    URL curta
    Ekaterina Nenakhova
    72 anos da Grande Vitória soviética (11)
    20410

    Neste domingo (7), em uma manhã cheia de sol, a Praça Vermelha se encheu com melodias das canções patrióticas russas e mostrou tanto a prontidão dos militares, como os avanços no potencial armamentista do país. Este foi o último e mais importante ensaio da próxima Parada da Vitória, que se realizará depois de amanhã, em 9 de maio.

    Embora a parada de hoje tenha sido apenas um ensaio, pela proporção e organização estava impecável. De acordo com o general Oleg Salyukov, comandante das Tropas Terrestres e comandante da Parada da Vitória em 2017, o evento de hoje mostrou que os militares russos conseguiram alcançar boa coordenação e estão prontos para 9 de maio.

    Salyukov também precisou que mais de 10 mil militares e 114 unidades do armamento militar avançado participaram da Parada. O desfile de aviação contou com a participação de 72 helicópteros e aviões da Força Aeroespacial russa.

    © Sputnik / Ekaterina Nenakhova
    Ensaio geral da Parada da Vitória em 7 de maio de 2017

    Tendo começado exatamente às 10, como no vitorioso dia de 9 de maio em 1945, a Parada começou com a canção patriótica "Guerra Sagrada" que simboliza a mobilização e coragem de uma nação perante um inimigo agressor.

    De costume, o ministro da Defesa russo, Sergei Shoigu, passou revista aos batalhões de militares dispostos em parada, saudando-os um a um e parabenizando pelo aniversário da Grande Vitória.

    O próprio desfile costuma ser dividido em três partes: o desfile de militares do Exército, o de equipamentos e o último da aviação.

    • Sistemas de mísseis S-400 Triumf desfilam durante o ensaio geral da Parada da Vitória, em 7 de maio de 2017
      Sistemas de mísseis S-400 Triumf desfilam durante o ensaio geral da Parada da Vitória, em 7 de maio de 2017
      © Sputnik / Ekaterina Nenakhova
    • Tanque T-52B3, pela primeira vez apresentado em 2016, desfile durante o ensaio geral da Parada da Vitória, em 7 de maio de 2017
      Tanque T-52B3, pela primeira vez apresentado em 2016, desfile durante o ensaio geral da Parada da Vitória, em 7 de maio de 2017
      © Sputnik / Ekaterina Nenakhova
    • Novo complexo ártico de defesa antiaérea TOR-M2DTe o sistema Pantsir-AS estreiam durante o ensaio geral da Parada da Vitória, em 7 de maio de 2017
      Novo complexo "ártico" de defesa antiaérea TOR-M2DTe o sistema Pantsir-AS estreiam durante o ensaio geral da Parada da Vitória, em 7 de maio de 2017
      © Sputnik / Ekaterina Nenakhova
    • Militares desfilam na Praça Vermelha durante o ensaio geral da Parada da Vitória, em 7 de maio de 2017
      Militares desfilam na Praça Vermelha durante o ensaio geral da Parada da Vitória, em 7 de maio de 2017
      © Sputnik / Ekaterina Nenakhova
    • Museu Histórico do Estado embandeirado nas vésperas da Parada da Vitória de 2017
      Museu Histórico do Estado embandeirado nas vésperas da Parada da Vitória de 2017
      © Sputnik / Ekaterina Nenakhova
    1 / 5
    © Sputnik / Ekaterina Nenakhova
    Sistemas de mísseis S-400 Triumf desfilam durante o ensaio geral da Parada da Vitória, em 7 de maio de 2017

    Entre os participantes, há igualmente cadetes de várias instituições militares de ensino superior, de colégios militares, agentes do Ministério para as Situações de Emergência russo, militares da Rosgvardiya (Guarda Nacional da Rússia) e do FSB, bem como representantes de todas as tropas.

    Após o desfile dos militares, segue-se a parte técnica da parada, durante a qual são frequentemente apresentados novos equipamentos. Sem dúvida, a parada segue um esquema tradicional, porém, os organizadores sempre tentam introduzir algumas novidades para mostrar os sucessos do desenvolvimento das Forças Armadas.

    Neste ano, além dos armamentos já conhecidos, entre outros tanques T-34, veículos blindados Tigr, sistema de mísseis antitanque Kornet, carros blindados Taifun, sistema de mísseis antiaéreos Buk, sistemas de defesa antimíssil Iskander, sistemas de artilharia Pantsir-S e sistemas de mísseis S-400 Triumf, serão também apresentadas novidades bastante esperadas.

    © Sputnik / Ekaterina Nenakhova
    Militares e equipamentos desfilam na Praça Vermelha em 7 de maio de 2017

    Entre elas estão o novo complexo "ártico" de defesa antiaérea TOR-M2DTe o sistema Pantsir-AS, ambos destinados a atuar no extremo norte do país, com temperaturas extremamente baixas.

    Em seguida, começa o desfile da aviação militar russa, que neste ano será inaugurado pelo maior helicóptero militar de transporte, o Mi-26, acompanhado por quatro helicópteros Mi-8. Neste ano, um dos "pontos fortes" da parada é a atuação de um grupo de ataque constituído por 5 aviões de longo curso, ou seja, 4 caças-bombardeiros Tu-22M3, liderados pelo avião portador de mísseis Tu-160, batizado como Cisne Branco.

    Após a passagem de todos os meios aéreos, inclusive os bombardeiros estratégicos Tu-95MC, aviões de reabastecimento Il-78, caças Su-35S, Su-35SM, Su-27, Mig-29 e Mig-31BM, o desfile termina com o tradicional voo do sexteto de aeronaves Su-25, que pintam o céu de Moscou com as cores da bandeira russa.

    Segundo destaca o Ministério da Defesa russo, alguns dos aviões apresentados, inclusive os caças Su-30, já foram postos à prova na guerra síria e se mostraram altamente prontos para combate.

    Julgando pelo ensaio de hoje, tudo indica que a Parada da Vitória de 2017 será um evento espetacular. Não perca a oportunidade de conferi-lo em 9 de maio, às 4h da madrugada (hora de Brasília) em nossa transmissão ao vivo!

    Tema:
    72 anos da Grande Vitória soviética (11)

    Mais:

    Voe no caça Su-35 russo com ajuda da tecnologia 360º
    Regimento Imortal percorre principais cidades norte-americanas
    Defesa da Crimeia é reforçada com sistemas de mísseis Buk
    OTAN considera sistemas Iskander em Kaliningrado ameaça à segurança
    S-400 são colocados em serviço operacional na base da Frota do Norte da Rússia
    Tags:
    desfile, S-400 Triumf, Su-25, Iskander-M, Bastion, MiG-29, Buk, Parada da Vitória, Dia da Vitória, Força Aeroespacial da Rússia, Sergei Shoigu, Praça Vermelha, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik