14:19 24 Setembro 2018
Ouvir Rádio
    submarino em Kamchatka

    Tailândia decide comprar submarinos chineses e irrita o Ocidente

    © Sputnik / Ildus Gilyazutdinov
    Defesa
    URL curta
    11262

    As Forças Armadas da Tailândia estão determinadas a comprar três submarinos fabricados pela China, embora o negócio seja visto com desconfiança pelo Ocidente. A avaliação é do analista político Yang Mian, em entrevista à Sputnik China.

    Mian é especialista em relações internacionais no Instituto Chinês de Comunicação e afirma que certas partes do Ocidente não querem que Pequim e Bangkok fortaleçam seus laços de cooperação.

    A Tailândia costumava comprar armamentos fabricados pelos Estados Unidos. Esse é o motivo pelo qual a decisão de comprar produtos chineses pode afetar os interesses de alguns países ocidentais. Além disso, estão tentando usar algumas forças políticas na Tailândia contra a China, alimentando tensões em nome de seus próprios interesses".

    Mian ainda afirma que a versão de exportação do submarino Type 041 é a melhor no quesito custo-benefício e que "alguns participantes do jogo político tailandês são contrários à China".

    Os planos de compra da Marinha Real Tailandesa são de 2015, mas o governo local liberou US$ 390 milhões para a compra do primeiro submarino chinês na última semana. O Almirante do Estado-Maior da Marinha Leuchai Ruddis defendeu a decisão ao dizer que há " incerteza na segurança"  da região.

    O analista de defesa Konstantin Sivkov disse à Sputnik que os submarinos em questão são inferiores aos produzidos na Rússia e Estados Unidos, mas que eles ainda poderiam participar de combates contra oponentes não tão avançados.

    "Estes são submarinos de segunda geração quando analisamos sua produção de ruído. Eles não são o que temos de mais avançado hoje. Contudo, ele será capaz de se equiparar a submarinos mais antigos que são muito comuns no sudeste asiático. Em outras palavras, são navios de guerra do Terceiro Mundo, capazes de responder aos desafios locais. Eles claramente não são páreos para os submarinos russos e estadunidenses".

    Sivkok ainda disse que a transação ajudará Pequim aumentar sua influência na Tailândia.  China, Coreia do Norte, Índia, Indonésia, Japão, Malásia, Paquistão, Singapura, Coreia do Sul e Vietnam são os únicos países da região que afirmam operar submarinos.

    Mais:

    EUA elaboram plano de ação em caso da guerra com China e Rússia
    Rússia e China protestam na ONU contra exercícios dos EUA perto da Coreia do Norte
    China exigiu aos EUA que parem instalação do sistema THAAD na Coreia do Sul
    Gambito coreano: EUA usam China para atacar Pyongyang
    Tags:
    Marinha Real Tailandesa, Leuchai Ruddis, Konstantin Sivkov, Mar da China
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik