12:57 25 Fevereiro 2018
Ouvir Rádio
    Instrutores americanos em Donbass

    Donetsk denuncia chegada de instrutores militares americanos a Donbass

    © AP Photo/ Aleksandr Shulman
    Defesa
    URL curta
    Bloqueio de Donbass (19)
    12221

    O Ministério da Defesa da autoproclamada República Popular de Donetsk (RPD) denunciou a chegada de instrutores militares americanos à zona de conflito.

    "De acordo com as nossas fontes, foi detectada a chegada de instrutores dos EUA à área de aquartelamento das unidades que estão na zona da chamada 'Operação Antiterrorista' (АТО)", informou aos jornalistas o vice-comandante do comando operacional da RPD Eduard Basurin.

    Ele referiu que uma das razões para a chegada dos instrutores americanos é a verificação da prontidão das unidades das Forças Armadas da Ucrânia para operações de combate.

    Washington presta a assistência militar a Kiev, embora oficialmente apenas fornecendo equipamento e fardamento, sem "armamento letal". Além disso, os instrutores americanos realizam a preparação de soldados ucranianos.

    Em março, durante sua visita aos Estados Unidos, o chanceler da Ucrânia Pavel Klimkin anunciou o elevado nível de preparação das unidades que foram treinadas pelos especialistas estadunidenses e pediu ao Senado para continuar este tipo de assistência no futuro. Mais tarde, o comandante das forças armadas americanas na Europa general Curtis Scaparotti declarou que os EUA devem reforçar o exército ucraniano para fazer frente aos milícias de Donbass.

    Tema:
    Bloqueio de Donbass (19)

    Mais:

    UE não vai participar da investigação à explosão do carro da OSCE em Donbass
    Merkel confirma que cidadã alemã ficou ferida na explosão do carro da da OSCE em Donbass
    Tags:
    conflito armado, escalação, Eduard Basurin, Curtis Scaparrotti, EUA, Donbass, Ucrânia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik