22:41 23 Setembro 2018
Ouvir Rádio
    Pyongyang, Coreia do Norte

    Japão, EUA e Coreia do Sul decidem aumentar pressão sobre a Coreia do Norte

    © Sputnik / Ilia Pitalev
    Defesa
    URL curta
    9513

    Os líderes das delegações do Japão, EUA e Coreia do Sul discutiram hoje em Tóquio, nas negociações a respeito da desnuclearização da Península Coreana, as medidas de influência sobre a Coreia do Norte caso as provocações continuem, tendo decidido aumentar a pressão sobre este país.

    Depois do encontro, o representante especial da Chancelaria sul-coreana para assuntos da paz e segurança, Kim Hong Gun, declarou aos jornalistas que "se chegou a acordo sobre a necessidade de aumentar a pressão sobre a Coreia do Norte". Além disso, ele informou que durante a reunião foram discutidos "os meios de punição da Coreia do Norte em caso de continuação das provocações". 

    Kenji Kanasugi, que representou o Japão nas negociações, notou que "existe a ameaça de provocações ainda maiores da parte da Coreia do Norte" e informou que os lados decidiram aumentar os meios de contenção de Pyongyang. 

    O representante especial do Departamento de Estado dos EUA para assuntos da Coreia do Norte, Joseph Yeung, sublinhou a importância da parte chinesa na questão da influência sobre a Coreia do Norte. Ao mesmo tempo, ele declarou que os norte-coreanos não estão preparados para o diálogo.

    "Eu não acho que a Coreia do Norte esteja preparada para o diálogo", disse ele. 

    O representante especial do governo da China para assuntos da Coreia do Norte, Wu Davei, se encontra atualmente em visita a Tóquio, onde deverá permanecer até 28 de abril, devendo realizar novos encontros com o seu colega Kenji Kanasugi. 

    Mais:

    Japão e EUA começam manobras navais perto da península da Coreia
    Japão se preocupa com serviço de transporte entre Rússia e Coreia do Norte
    Tags:
    tensão militar, provocação, negociações, Ministério das Relações Exteriores da Coreia do Sul, Departamento de Estado dos EUA, China, Coreia do Sul, Coreia do Norte, Japão
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik