08:43 20 Janeiro 2021
Ouvir Rádio
    Defesa
    URL curta
    334
    Nos siga no

    Os ministros de Relações Exteriores dos países-membros da Organização do Tratado do Atlântico Norte tomaram a decisão de ajudar na manutenção de tanques e blindados no Iraque e organizar cursos de medicina militar no país, segundo declarou o secretário-geral da OTAN, Jens Stoltenberg, nesta sexta-feira.

    "Decidimos fortalecer as medidas no interior do Iraque, incluindo cursos de medicina militar para preparar médicos e ajudar na manutenção de tanques e blindados de combate", afirmou ele durante uma reunião em Bruxelas. 

    A pedido do Iraque, a OTAN concordou em julho de 2015 em fornecer apoio à construção de capacidades de defesa em várias áreas, incluindo a luta contra explosivos improvisados, eliminação e remoção de minas, reforma do setor de segurança, medicina militar e planejamento militar civil.

    Em 2016, a organização treinou mais de 350 oficiais iraquianos na Jordânia e, na cúpula de Varsóvia, em julho, os aliados concordaram em expandir essa formação para o próprio Iraque. Desde janeiro deste ano, conselheiros da OTAN têm trabalhado no país, supervisionando atividades de treinamento e cooperando com as autoridades iraquianas para reformar suas instituições de segurança, segundo informa a própria aliança

    Mais:

    Viragem nos Açores: OTAN reconstrói cais para seus navios militares
    Comandante da OTAN diz que Rússia pode estar apoiando o Talibã
    Tags:
    blindados, tanques, OTAN, Jens Stoltenberg, Bélgica, Bruxelas, Varsóvia, Jordânia, Iraque
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar