19:49 26 Maio 2017
Ouvir Rádio
    Treinos das tropas paraquedistas russas (foto de arquivo)

    Rússia envia 2.500 paraquedistas à Crimeia

    © Sputnik/ Pavel Lisitsyn
    Defesa
    URL curta
    92990321

    As Forças Armadas da Rússia enviaram mais de 2.500 efetivos das tropas paraquedistas para manobras militares que começaram hoje (20) na Crimeia.

    "Das manobras participam mais de 2.500 paraquedistas e cerca de 600 peças de equipamento militar", disse o comandante das tropas paraquedistas, Andrei Serdyukov, que dirige as operações.

    Dos exercícios participarão também a Frota do Mar Negro e a Força Aeroespacial russa.

    Uma das brigadas de paraquedistas foi deslocada da cidade de Ulan-Ude (capital da República da Buriácia), situada a mais de 5.000 quilômetros da Crimeia.

    Os exercícios permitirão avaliar a preparação das tropas e serão focados na defesa do território nacional de um eventual ataque de formações paramilitares e forças regulares do inimigo.

    "Durante as manobras, os paraquedistas treinarão táticas de defesa junto com os efetivos da Frota do Mar Negro, e depois treinarão a destruição do inimigo com apoio de aviões da Força Aeroespacial", explicou Serdyukov.

    A necessidade de tais manobras pode ser explicada pela "crescente ameaça terrorista", de acordo com comandante.

    Mais:

    Kremlin: Putin não se arrepende da reintegração da Crimeia e a faria de novo
    Retorno da Crimeia para a Rússia salvou o povo da península, diz o Kremlin
    E se Crimeia tivesse continuado com Ucrânia? Líder da península pinta cenário apocalíptico
    Tags:
    manobras, tropas paraquedistas, Força Aeroespacial da Rússia, Frota do Mar Negro, Crimeia, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik