18:45 16 Dezembro 2017
Ouvir Rádio
    Novo tanque russo T-14 Armata durante a Parada da Vitória na Praça Vermelha em Moscou, 9 de maio de 2015

    Conheça as 10 armas russas que podem mudar o equilíbrio de forças no mundo

    © AP Photo/ Alexander Zemlianichenko
    Defesa
    URL curta
    14452

    O jornal sueco Svenska Dagbladet publicou uma lista das dez armas russas que podem vir a mudar o equilíbrio de forças no mundo.

    RS-28 Sarmat 

    Este míssil balístico intercontinental com ogiva nuclear é capaz de atingir uma área comparável ao território do Texas ou da França, indica o artigo do Svenska Dagbladet. O alcance operacional do míssil é de 11 mil quilômetros, ele pesa 100 toneladas. Segundo a classificação da OTAN, o novo míssil terá o nome de Satã 2. 

    "A ogiva nuclear do Satã 2 pesa 10 toneladas, ela é duas mil vezes mais potente do que as bombas lançadas em Hiroshima e Nagasaki", comunica a edição. 

    Se espera que o míssil entre em serviço em 2018. 

    T-14 Armata

    O Armata é uma plataforma de combate capaz de desempenhar funções de tanque, de sistema de defesa antiaérea, de unidade de artilharia ou de veículo de engenharia. 

    Tanque de guerra T-14 Armata
    © Sputnik/ Aleksandr Vilf
    Tanque de guerra T-14 Armata

    "O tanque se destaca pelo fato de a tripulação estar protegida em uma torre de estrutura  inovadora", diz o artigo. Além disso, o T-14 é mais rápido e ligeiro do que seus análogos estrangeiros. 

    Submarino Lada 

    O submarino a diesel Lada é famoso por suas características compactas e furtivas. Estes submarinos são dotados de torpedos autoguiados que podem eliminar outros submarinos e navios. O Svenska Dagbladet classificou esta embarcação como "submarino invisível". 

    ​"Este submarino faz menos ruído do que o seu antecessor soviético Kilo e do que todos os outros submarinos russos atuais", indica o artigo. 

    Mísseis 9K720 Iskander 

    Estes mísseis balísticos de curto alcance podem transportar ogivas nucleares ou de outro tipo. 

    "Trata-se, por exemplo, de bombas de alta precisão, capazes de destruir bunkers, bombas de fragmentação ou ainda mísseis eletromagnéticos para eliminar sistemas de radares inimigos", comunica a edição.

    Sistema de mísseis táticos Iskander
    Sistema de mísseis táticos Iskander

    O míssil Iskander pesa cerca de 3,8 toneladas e pode alcançar uma velocidade de mais de 2 mil metros por segundo, o que o torna praticamente inacessível para os sistemas antiaéreos do inimigo. 

    Mísseis táticos operacionais OTR-21 Tochka 

    O OTR-21 Tochka é um míssil balístico tático construído ainda em 1976. A versão mais recente do Tochka pesa 1,8 toneladas, enquanto o seu alcance atinge 185 quilômetros.  

    Sistema de mísseis balísticos russo Tochka
    © Sputnik/ Igor Zarembo
    Sistema de mísseis balísticos russo Tochka

    "O míssil pode ser equipado com uma carga convencional ou ogiva nuclear", acrescenta o artigo. 

    S-400

    "Os S-400 são a 'nova estrela' do sistema antiaéreo russo", acrescenta o Svenska Dagbladet. A edição classifica este sistema móvel como a variante mais moderna da defesa contra mísseis e aviões inimigos.

    S-400 Triumph / SA-21 Growler sistemas de mísseis terra-ar de médio e longo alcance no desfile militar de 2015 do 70º aniversário da Vitória na Guerra Patriótica 1941-1945. Moscou, Praça Vermelha
    © Sputnik/ Alexander Vilf
    S-400 Triumph / SA-21 Growler sistemas de mísseis terra-ar de médio e longo alcance no desfile militar de 2015 do 70º aniversário da Vitória na Guerra Patriótica 1941-1945. Moscou, Praça Vermelha

    "O S-400 tem o sistema de monitoramento mais avançado, que pode acompanhar 80 mísseis e aviões ao mesmo tempo", indica o artigo.

    O S-400 pode utilizar três tipos de mísseis com alcance de até 400 quilômetros, enquanto a velocidade do projétil supera os 1000 metros por segundo.

    Su-34

    Os militares russos utilizaram com sucesso este caça na Síria. A tripulação do caça consiste de 2 pilotos e a autonomia de voo é de 4,5 mil quilômetros. Numa altitude de 11 mil quilômetros este aparelho pode atingir velocidades de até 1,9 mil km/h.

    Caça russo Su-34
    © Sputnik/ Grigory Sysoyev
    Caça russo Su-34
    "O caça é dotado de dois mísseis ar-ar, mísseis guiados ar-terra, mísseis de médio alcance, bombas guiadas e não guiadas", comunica a edição.

    Navios de infantaria

    As Forças Armadas da Rússia têm vários navios pesados do tipo 775 Minsk-Korolev, Kalinigrad e Aleksander Shabalin, que podem transportar um batalhão de forças de infantaria naval, para além do respetivo equipamento técnico. 

    ​Estes navios são equipados com lança-mísseis de calibre 57 milímetros e uma instalação de 76,2 milímetros. Além disso, os navios são dotados de sistemas de mísseis. 

    Submarinos da classe Kilo  

    A tripulação dos submarinos Kilo é composta por 57 marinheiros e oficiais. A velocidade do submarino é de 18,5 km/h em regime de emersão e 31 km/h debaixo de água. O navio é capaz de submergir a uma profundidade de até 240 metros e permanecer imerso durante 45 dias. 

    ​"O seu armamento inclui seis lança-torpedos, podendo transportar 18 torpedos ou 24 minas", diz o artigo. 

    Submarino nuclear Borei

    O jornal classifica este submarino como o "novo supersubmarino russo".  Os Borei são menores do que os seus antecessores Akula, sendo mais manobráveis e furtivos. 

    "A embarcação de 170 metros é equipada com mísseis balísticos dotados de ogivas nucleares táticas e estratégicas", acrescenta o artigo. 

    Após a desintegração da União Soviética em 1991, o financiamento da defesa foi drasticamente reduzido, indica o jornal. Mas após a chegada de Putin, a situação se alterou. O Exército russo começou a receber financiamento para a modernização do equipamento e realização de exercícios. 

    Submarino nuclear da classe Borei Aleksandr Nevsky
    Submarino nuclear da classe Borei Aleksandr Nevsky

    Em 2017 as forças estratégicas da Rússia vão receber 41 novos mísseis balísticos, a Força Aérea será dotada de 170 novos aviões, o exército de 905 tanques e veículos blindados e a Marinha de 17 novos navios. 

    Mais:

    Campanha russa na Síria favoreceu venda de armas russas internacionalmente
    Quais são os 2 critérios que distinguem as armas russas?
    Tags:
    capacidade militar, equipamento militar, mísseis balísticos, exército, submarinos, armas, caça, tanques, Su-34, T-14 Armata, S-400, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik