17:39 17 Maio 2021
Ouvir Rádio
    Defesa
    URL curta
    44542
    Nos siga no

    A Rússia está cumprindo o contrato que prevê o fornecimento de caças Su-35 para a China, informou o chefe da corporação estatal russa Rostec, Sergei Chemezov, na terça-feira (07).

    Rostec, Sergei Chemezov, na terça-feira (07).

    "Passamos a fornecer os sistemas S-300 ao Irã, submarinos diesel-elétricos ao Vietnã, agora está sendo realizado o contrato de entrega dos Su-35 para a China", revelou Chemezov.

    Anteriormente, foi informado que Rússia e China tinham assinado um contrato para fornecimento de 24 caças multifuncionais Su-35 da geração 4++ em 2015. As únicas diferenças entre estes caças e os de quinta geração são evidenciadas devido ao fato dos últimos possuírem tecnologia stealh e radar de varredura eletrônica ativa (AESA, sigla em inglês).

    Especialistas acreditam que o avião russo Su-35 poderá ser um forte rival dos caças estrangeiros F-15, Eurofighter e Rafale, ultrapassando até aviões militares de quinta geração da OTAN.

    A velocidade e carga militar aumentada do Su-35 permitem-no realizar combate fora de visibilidade direta, já sua capacidade de manobra e meios avançados de guerra radioeletrônica desviam-no de mísseis inimigos com mais facilidade.

    Mais:

    Su-35 de última geração chegam ao norte da Rússia
    Caças Su-35 'repelem' ataque de inimigo virtual no Extremo Oriente da Rússia
    Tags:
    5ª geração, tecnologia stealth, entrega, contrato, fornecimento, S-300, Su-35, Rostec, OTAN, Sergei Chemezov, Irã, China, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar