01:34 26 Maio 2020
Ouvir Rádio
    Defesa
    URL curta
    661
    Nos siga no

    A Coreia do Sul receia "provocações estratégicas" de Pyongyang na véspera do aniversário do ex-líder da Coreia do Norte Kim Jong-il, festejado em 16 de fevereiro, comunicou na terça o presidente sul-coreano em exercício, Hwang Kyo-ahn.

    Segundo a agência noticiosa Yonhap, Hwang Kyo-ahn exortou a manter a cooperação com os EUA no domínio da segurança devido a esta situação.  

    "Neste mês, quando é festejado o 75º aniversário de Kim Jong-il, existe uma possibilidade muito elevada de provocação estratégica", comunicou Hwang Kyo-ahn, citado pela Yonhap

    O presidente interino referiu a declaração da Coreia do Norte relativa à conclusão em breve dos testes de um míssil balístico intercontinental. 

    Entretanto, a Coreia do Norte, segundo as últimas informações, tem intenções de continuar lançando foguetes-portadores, apesar da proibição por parte do Conselho da Segurança da ONU, segundo comunicou na terça o jornal norte-coreano Rodong Sinmun. 

    "Nosso país vai lançar seus próprios satélites nos prazos e nos lugares determinados pelo partido", diz o artigo. 

    Os lançamentos de mísseis norte-coreanos escalam a tensão na região e no mundo devido ao perigo de que Pyongyang possa utilizar suas capacidades no domínio militar para lançar mísseis balísticos com ogivas nucleares.

    A Coreia do Norte é acusada de violar as resoluções do Conselho da Segurança da ONU, que proíbem Pyongyang de desenvolver e testar capacidades nucleares e mísseis balísticos. Não obstante, a Coreia do Norte continua realizando seus programas militares sob pretexto de o país precisar "se defender da ameaça por parte dos EUA".

    Mais:

    Coreia do Norte desloca 2 mísseis balísticos para perto de Pyongyang
    Coreia do Norte ameaça 'derramar mais miséria' sobre os EUA
    Tags:
    ameaça, resoluções, lançamento, teste, mísseis, foguete-portador, tensão, segurança, agência, informação, aniversário, Conselho de Segurança da ONU, Yonhap, Kim Jong-il, EUA, Coreia do Sul, Coreia do Norte
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar