23:14 25 Outubro 2021
Ouvir Rádio
    Defesa
    URL curta
    0393
    Nos siga no

    A China realizou testes do seu novo míssil DF-5C de longo alcance equipado com 10 ogivas.

    O lançamento do DF-5C com uma ogiva que consiste em 10 blocos e guiamento individual foi efetuado neste mês de janeiro sob supervisão de militares dos EUA, revela The Washington Free Beacon ao citar fontes norte-americanas.

    O míssil foi lançado a partir do cosmódromo de Taiyuan, situado na região central da China, contra um míssil que estava localizado em região desértica na parte oeste do país.

    Jato chinês J-11.
    © Foto / D. Myles Cullen / Departamento de Defesa dos EUA / Domínio Público
    Os testes realizados são um sinal de que a China está reforçando de maneira ativa o seu arsenal de ogivas (anteriormente, chegava às 250 unidades).

    Destaca-se que, caso os chineses aumentem o número de ogivas, os EUA poderão recorrer ao uso de suas ogivas nucleares complementares. A medida de Pequim significa uma grande alteração das políticas nucleares estratégicas chinesas.

    Vale lembrar que o último relatório anual do Pentágono destacou a modernização das forças nucleares e desenvolvimento de sistemas de mísseis móveis da China. Conforme o documento, a China dispõe de 75 a 100 mísseis balísticos intercontinentais, incluindo DF-5, mísseis com várias ogivas DF-5B, mísseis de combustível sólido instalados em sistemas de lançamento móveis DF-31 e mísseis de curto alcance DF-4.

    Segundo The Washington Free Beacon, os testes de mísseis com dez ogivas estão relacionados às crescentes tensões entre EUA e China.

    Mais:

    Analista: Míssil DF-41 chinês é um sinal político importante que China envia aos EUA
    China testa com sucesso míssil hipersônico que supera todos os similares dos EUA e da OTAN
    Tags:
    China, EUA, Pequim, Pentágono, ogivas nucleares, modernização, arsenal nuclear, míssil balístico intercontinental, alcance, cosmódromo
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar