20:18 21 Fevereiro 2018
Ouvir Rádio
    Soldados chineses marcham perto da Praça Tiananmen antes do encerramento do Congresso Nacional do Povo, 16 de março de 2016.

    China nega ter instalado mísseis intercontinentais na fronteira russa

    © AP Photo/ Ng Han Guan
    Defesa
    URL curta
    26211

    As informações sobre a presença militar da China perto da fronteira russa não têm nada a ver com a realidade, afirmou o Ministério do Exterior chinês à Sputnik na quarta-feira (25).

    "Atualmente, a parceria estratégica e a coordenação entre a China e a Rússia são mantidas em um nível elevado… Quanto à chamada presença militar, isso são apenas especulações e conjeturas que circulam na Internet", indica uma nota escrita do ministério.

    Um dos três sistemas chineses de mísseis intercontinentais Dongfeng-41 (DF-41) pode ter sido desdobrado na cidade de Daqinq, província do norte de Heilongjiang, na fronteira com a Rússia, informou terça-feira o jornal chinês Global Times.

    O DF-41 pode transportar até 10 ogivas nucleares e atingir alvos mais de 14.000 quilômetros do local de lançamento.

    Mais:

    Japão 'pacifista' lança satélite militar de comunicações de zona próxima da China
    Analista: Míssil DF-41 chinês é um sinal político importante que China envia aos EUA
    China instala mísseis intercontinentais perto da Rússia
    Tags:
    míssil balístico intercontinental, DF-41, Rússia, China
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik