22:24 25 Agosto 2019
Ouvir Rádio
    Drone americano MQ-9 Reaper em ação

    Rússia desenvolve complexo para repelir drones inimigos

    © Foto : US Air Force / Staff Sgt. Brian Ferguson
    Defesa
    URL curta
    6271

    O exército russo terá em breve ao seu serviço um sistema de neutralização de drones inimigos. O equipamento foi designado de Repelent (Repelente).

    Segundo informa o Izvestia, o sistema Repelent foi criado pelo Centro Técnico-Científico de Guerra Eletrônica (NTC-REB). O complexo pode de modo autônomo detectar e neutralizar drones, mesmo os mais pequenos, neutralizando seus sistemas de direção com interferências poderosas de barragem ou diretas. O aparelho também consegue pôr fora do serviço os postos de comando dos drones, deixando-lhes sem navegação e telemetria. Destaca-se que o novo complexo de guerra eletrônica permite proteger não apenas bases, aeródromos e parques de equipamentos militares, mas também as tropas nos campos de combate.

    "Os trabalhos estão terminando. O complexo passou por uma série de testes, inclusive os do Ministério da Defesa e comprovou todas as suas caraterísticas. Está sendo considerada a questão de colocar o Repelent ao serviço do Exército", disse Aleksandr Sarkisyan, chefe do Centro Técnico-Científico de Guerra Eletrônica, citado pelo Izvestia.

    O equipamento, como destacam os desenvolvedores, graças a uma estação supersensível de reconhecimento aéreo, pode detectar pequenos alvos aéreos à distância de mais de 35 quilômetros. Para funcionar em zonas próximas, o complexo é equipado com um sistema ótico superpotente que consegue distinguir pequenos drones durante dia e noite e em quaisquer condições climáticas, até nas zonas polares.

    O complexo é instalado em um caminhão e pesa mais de 20 toneladas. Está prevista a criação de uma versão mais compacta, portátil, capaz de ser desmontada e facilmente transportada por vários homens, podendo ser instalada em locais de concentração de pessoas.

    O Repelent possui, ele próprio, meios de proteção contra ataques de armas de fogo, químicas e bacteriológicas.

    Mais:

    Rússia anuncia produção de sistema secreto de guerra eletrônica
    'Abafar' os S-300? The National Interest explica estratégia de guerra eletrônica dos EUA
    Guerra eletrônica: dispositivos russos vs. drones americanos
    Tags:
    segurança nacional, guerra eletrônica, drones, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar