05:45 24 Setembro 2017
Ouvir Rádio
    Complexos Iskander durante treinamentos, 17 de novembro de 2016

    Especialista: armas modernas russas são garantia contra planos hostis dos vizinhos

    © Sputnik/ Sergei Orlov
    Defesa
    URL curta
    83868371

    A região russa de Kaliningrado tem a sua própria proteção: o exército, a Marinha e novos sistemas capazes de contrariar os planos hostis dos países que fazem parte da OTAN, considera Igor Korotchenko, editor-chefe da revista militar Natsionalaya Oborona.

    O especialista militar participou no dia 15 de dezembro na reunião de um clube de discussão regional, realizada na Universidade Federal Immanuel Kant, em Kaliningrado. O principal tema do encontro foi "A OTAN às portas de Kaliningrado".

    O analista respondeu às perguntas dos jornalistas, representantes de organizações sociais e estudantes sobre o grau de ameaça que os vizinhos ocidentais representam e como reduzir a tensão militar na região do mar Báltico.

    De acordo com Korotcheko, na região estão implantados sistemas de mísseis antinavio de defesa costeira Bastion, por meio dos quais a Rússia "protege suas fronteiras". Além disso, devido ao fato de a OTAN implantar seus sistemas de defesa aérea na Polônia, a Rússia instalou sistemas Iskander no território da região de Kaliningrado.

    "Para nos sentirmos sossegados precisamos dos Iskanders. É um meio que neutraliza os planos agressivos de nossos vizinhos. Assim, temos uma apólice de seguro", disse Korotchenko.

    Além disso, ele destacou que o sistema de defesa antiaérea S-400 também é um tipo de proteção e não ameaça ninguém, mas mantem a aviação da OTAN longe das fronteiras da Rússia.

    O especialista também acrescentou que a Rússia não tem planos de se tornar 'em uma fortaleza sitiada': o objetivo principal da política externa de Moscou é o desenvolvimento do país, o fortalecimento de sua economia, a melhoria da vida da população e a modernização da indústria.

    "Qualquer analista militar tem perfeita consciência de que a configuração de nossas forças [na região de Kaliningrado] é de natureza defensiva. Nós estamos nos defendendo e não nos preparando para um ataque. No entanto, a OTAN continua agravando a situação ao realizar exercícios cuja essência é o desenvolvimento de métodos de guerra contra o nosso país", disse ele.

    De acordo com Korotchenko, Kaliningrado não é apenas um "posto avançado no ocidente", mas uma região que deve "se desenvolver e se integrar no sistema de laços econômicos de boa vizinhança" com os países europeus.

    Mais:

    Sérvia compra armas russas para responder a potenciais desafios à segurança
    Lavrov: OTAN descumpre obrigações de segurança na Europa
    OTAN reacende ameaça de guerra nuclear, diminuindo a segurança dos europeus
    Ocidente está preocupado com segurança de armas nucleares da OTAN situadas na Turquia
    Tags:
    segurança nacional, fronteiras, tensão militar, Bastion, Iskander, OTAN, Kaliningrado, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik