23:48 21 Setembro 2021
Ouvir Rádio
    Defesa
    URL curta
    0230
    Nos siga no

    A experiência acumulada do uso de helicópteros militares na Síria possibilitou o desenvolvimento de novos recursos de defesa antiaérea para a Rússia, revelou à imprensa o responsável pelos treinamentos de combate da Força Aeropespacial russa, major-general Oleg Chesnokov.

    “Foram reveladas e desenvolvidas novas manobras táticas de evasão contra ataques antiaéreos inimigos e de resolução de tarefas de combate" – disse o militar.

    De acordo com Chesnokov, “as particularidades do uso da aviação em qualquer conflito local, incluindo o da Síria, são analisadas minuciosamente. São detectadas vantagens e desvantagens tanto na preparação de quadros como no uso de equipamentos aéreos de acordo com a geografia e as particularidades da situação no cumprimento das missões”.

    Chesnokov acrescentou, que resultados de tais análises são repassadas em forma de recomendações aos pilotos e “levadas em consideração em próximos planos de combate”.

    A Síria vive uma terrível guerra civil desde 2011, que, segundo dados da ONU, já provocou entre 300 e 400 mil mortes. Em 30 de setembro de 2015, atendendo a um pedido do presidente Bashar Assad, a Rússia enviou sua Força Aeroespacial para ajudar exércitos de Damasco no combate a grupos extremistas como Daesh (Estado Islâmico) e a Frente al-Nusra, ambas proibidas na Rússia.

    A presença militar russa teve um grande papel na libertação de muitas regiões sírias da ocupação jihadista e, meses depois, Moscou acabou retirando a maior parte de suas forças do país árabe.

    Tags:
    Rússia, Síria, Oleg Chesnokov, helicópteros, defesa, experiência
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar