03:38 14 Agosto 2020
Ouvir Rádio
    Defesa
    URL curta
    1191
    Nos siga no

    Os militares russos e egípcios trocaram armas durante os primeiros exercícios de tiro conjuntos no âmbito da realização das manobras internacionais Defensores da Amizade 2016, que decorrem no Egito entre 15 e 26 de outubro.

    Os soldados russos foram para o continente africano com armas e equipamentos.

    Segundo o comandante de uma das unidades da guarda, sargento Yevgeny Mitkin, durante os exercícios foram testadas armas do exército egípcio – fuzis de assalto M4 de fabricação americana. Os egípcios também tiveram a oportunidade de disparar com fuzis de assalto AKS-74 Kalashnikov, lança-granadas GP-34 e GP-25. Ao mesmo tempo, os russos testaram uma metralhadora belga usada pelo exército egípcio e apresentaram suas próprias metralhadoras PKM e Pecheneg.

    De acordo com o comandante das tropas paraquedistas, tenente Aleksei Sobyanin, os colegas egípcios também testaram fuzis de precisão SVK russos, sendo que o exército do Egito não está equipado com fuzis de calibre 12,7 mm.

    Os exercícios de tiro foram uma experiência única para as tropas paraquedistas egípcias que ficaram extremamente impressionados com as armas russas. As manobras conjuntas permitiram avaliar as particularidades e características de vários tipos de armas na prática.

    Mais:

    Egito se arma com helicópteros Ka-52K russos
    Força Aérea do Egito ataca militantes no Sinai
    Tags:
    metralhadora, fuzil de assalto, tiros, manobras, exercícios militares, PKM, Kalashnikov, Egito, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar