14:39 21 Julho 2018
Ouvir Rádio
    Porta-aviões da Marinha Real do Reino Unido HMS Daring parte de porto de Portsmouth, Reino Unido, 2012 (foto de arquivo)

    Marinhas dos EUA e Reino Unido demonstram sua capacidade de desminagem em jogos de guerra

    © AFP 2018 / GLYN KIRK
    Defesa
    URL curta
    0 22

    As marinhas norte-americana e britânica estão realizando manobras militares de grande dimensão para testar tecnologias robóticas de desminagem submarina.

    Navio
    © flickr.com / Sheffield Tiger
    Os exercícios batizados de Unmanned Warrior 2016 tiveram início perto da costa escocesa na segunda-feira (10) e continuarão por duas semanas, prometendo ser "a maior demonstração" de sistemas de desminagem do mundo.

    Mais de 40 empresas e entidades apresentarão 50 sistemas navais e aéreos autônomos. A Marinha dos EUA conta com a presença de dez sistemas avançados não tripulados.

    Das manobras participarão veículos submarinos, barcos robóticos, minissubmarinos, drones e helicópteros, entre outros modelos.

    Segundo o comandante Peter Pipkin, oficial da frota robôtica da Marinha Real do Reino Unido, o principal objetivo das manobras é "dar novas oportunidades a todos e mostrar que a Marinha é capaz de se transformar".

    A Marinha Real vai examinar a possibilidade de compra da versão modernizada do drone Insitu ScanEagle e do helicóptero SW-4 Solo do fabricante Leonardo Helicopters.

    Submarino nuclear norte-americano USS Louisiana na base naval de submarinos Kings Bay (foto de arquivo)
    © AP Photo / Marinha dos EUA, John Hill
    A Marinha dos EUA está buscando meios para reforçar sua capacidade de desminagem. No momento o país dispõe de apenas 13 navios draga-minas em operação, comparando com os 15 do Reino Unido.

    Os exercícios Unmanned Warrior 2016 acontecem no âmbito dos jogos de guerra Joint Warrior da OTAN, que decorrem entre 8 e 20 de outubro e contam com participação de 5700 efetivos e 67 aviões de 14 países, sendo os maiores na Europa.

    Mais:

    Marinha dos EUA ameaça retaliar após ataque contra seu destróier no Iêmen
    Marinha dos EUA volta ao Vietnã após 40 anos
    Tags:
    jogos de guerra, manobras navais, desminagem, robótica, Marinha dos EUA, Marinha Real, Escócia, Reino Unido, EUA
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik