21:54 23 Janeiro 2018
Ouvir Rádio
    Submarino russo Georgy Pobedonosets no mar

    Rússia lança com sucesso 3 mísseis balísticos

    © Sputnik/ Vitaly Ankov
    Defesa
    URL curta
    24553

    Hoje na Rússia foram realizados três lançamentos bem sucedidos de mísseis balísticos. Do cosmódromo de Plesetsk foi lançado um míssil balístico intercontinental RS-12M Topol e outros dois mísseis foram lançados pelos submarinos Novomoskovsk e Georgy Pobedonosets.

    Alvo atingido

    O Ministério da Defesa da Rússia sublinhou que a ogiva de treinamento do míssil Topol atingiu, com a precisão programada, o alvo em um polígono na península de Kamchatka.

    O ministério sublinhou que o lançamento confirmou, mais uma vez, o caráter correto das soluções de projeto e tecnológicas usadas na criação do sistema e sua prontidão para a realização de missões de combate.

    A maior parte do grupo móvel da Força Estratégica de Mísseis está equipada com mísseis Topol. Os lançadores terrestres do sistema Topol se caracterizam pela alta capacidade de sobrevivência graças a sua capacidade de manobra, dissimulação e preparação rápida do míssil para lançamento. 

    Lançamentos submarinos

    O submarino nuclear Novomoskovsk lançou um míssil balístico intercontinental Sineva a partir do mar de Barents em direção ao polígono de Kura, em Kamchatka. 

    O lançamento foi realizado a partir de posição submersa. A ogiva do míssil chegou ao polígono no tempo programado.

    Foi destacado que os disparos bem sucedidos demonstraram a eficiência do sistema de direção de combate das forças estratégicas nucleares marítimas.

    Além disso, o submarino nuclear lançador de mísseis balísticos Georgy Pobedonosets, da Frota do Pacífico, realizou o lançamento de um míssil balístico a partir do mar de Okhotsk em direção ao polígono de Chizha no norte da Rússia, informou a entidade militar russa.

    Tags:
    exercício militar, mísseis balísticos, submarino, exército, Topol RS-12M, Forças Armadas da Rússia, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik