05:51 18 Agosto 2017
Ouvir Rádio
    O porta-aviões russo Admiral Kuznetsov

    Navio russo Admiral Kuznetsov supostamente combaterá Daesh na Síria

    © Sputnik/ Oleg Lastochkin
    Defesa
    URL curta
    345228425

    O porta-aviões russo Admiral Kuznetsov pode participar das operações militares da Rússia na Síria contra terroristas do Daesh (grupo proibido na Rússia).

    O porta-aviões partirá rumo ao mar Mediterrâneo com objetivo de apoiar a operação militar contra jihadistas que está sendo realizada na Síria. O navio de grande porte será lotado com o máximo de armas e aeronaves de combate.

    Mais cedo o ministro da Defesa russo Sergei Shoigu declarou que um grupo de porta-aviões, comandado pelo navio-chefe Admiral Kuznetsov, será enviado para a região com o objetivo de reforçar as capacidades da Marinha russa. Durante a viagem até à costa síria, o grupo, que também contará com um submarino nuclear, deve tomar parte de exercícios militares juntamente com um bombardeiro estratégico de longo alcance Tu-160.

    "Todo o espectro de aviões e helicópteros enumerado na decisão do ministro será instalado a bordo [do Admiral Kuznetsov]”, disse o major-general Igor Kozhin, chefe da aviação da Marinha russa.

    O porta-aviões russo Admiral Kuznetsov, criado especialmente para a Marinha russa como cruzador com mísseis pesado portador de aviões, foi construído no estaleiro do mar Negro em 1985.

    O navio transporta adicionalmente caças Su-33 de superioridade aérea e helicópteros Ka-27 e Ka-29 de guerra antissubmarino. Em 2016, o navio sofreu uma série de modificações e agora pode também transportar helicópteros de combate e reconhecimento Ka-52K que originalmente deveriam participar em operações a bordo dos navios da classe Mistral de construção francesa.

    Mais:

    Pentágono: troca de informações de inteligência sobre Síria com Rússia 'não é boa ideia'
    Tags:
    terrorismo, Admiral Kuznetsov, Daesh, Síria, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik