00:15 24 Agosto 2017
Ouvir Rádio
    Novo tanque russo T-14 Armata durante a Parada da Vitória na Praça Vermelha em Moscou, 9 de maio de 2015

    Tanque Armata será equipado com novas munições

    © AP Photo/ Alexander Zemlianichenko
    Defesa
    URL curta
    51353162

    A empresa russa Uralvagonzavod criou uma nova munição para o tanque T-14 Armata, disse em entrevista à RIA Novosti, nas margens do fórum EXÉRCITO 2016, o diretor-geral da empresa, Oleg Sienko.

    "Criámos por nossa iniciativa uma munição explosiva remota de 125 milímetros. Nunca tínhamos feito, mas decidiram fazer. Recebemos o projeto de munição, desenvolvemo-lo, testámos e foi entregue para utilização. Já hoje nos propusemos para exportá-la", disse Sienko.

    O tanque T-14 Armata é o único tanque no mundo da terceira geração e é um projeto russo. O motor do tanque Armata tem uma potência de 1.800 cavalos, enquanto a versão-base do modelo tem apenas 1.500 cavalos. O tanque é operado por três tripulantes numa cápsula blindada localizada na frente do veículo. O armamento principal do modelo é seu canhão de alma lisa de 125 mm e uma metralhadora com controle remoto de 7,62 mm.

    Além disso, Sienko comunicou que até este momento já modernizaram cerca de mil tanques T-72 para a versão T-72B3. O T-72 é o tanque principal do Exército russo. Desde o período soviético foram produzidos mais de 30 mil tanques T-72, o que é mais que qualquer outro tanque no mundo.

    Mais:

    Veículos de combate russos Armata serão integrados na rede de controle em tempo real
    Poderia o tanque polonês Anders ultrapassar o Armata russo?
    Empresa militar alemã desenvolve canhão para conter Armata russo
    Tags:
    munição, equipamento militar, tanque, T-14 Armata, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik