09:53 16 Agosto 2017
Ouvir Rádio
    Porta-aviões chinês Liaoning.

    China faz progressos significativos no suporte logístico de seus porta-aviões

    © AP Photo/ Xinhua, Li Tang
    Defesa
    URL curta
    12252133

    A China continua investindo no seu programa de porta-aviões e está construindo o segundo navio auxiliar da classe Daguan.

    O navio chamado Xu Xiake foi posto em serviço em 2011 e participou de vários exercícios, acompanhado pelo porta-aviões Liaoning.

    Os navios Daguan têm comprimento de 196 metros, largura de 6 metros e deslocamento em calado de carga equivalente a 30 mil toneladas, são parecidos com navios de passageiros e são capazes de comportar 2,5 mil tripulantes. A principal função do navio é acompanhamento de porta-aviões.

    O navio possui convés de voo capaz de operar helicópteros de tamanho médio, como por exemplo, helicóptero pesado de transporte Super Frelon que pode levar 27 pessoas a bordo.

    O novo navio militar de suporte do Exército de Libertação Popular da China (PLA) se encontra em etapa avançada de elaboração. Como está previsto, o navio vai providenciar a logística para os porta-aviões do PLA.  

    Nas imagens, é possível ver o processo de montagem dos sistemas de armas AK-630 bem como cúpulas para antenas parabólicas. O navio também estará equipado com motores de propulsão por gás e terá descolamento de 4 mil toneladas.

    Guindastes de bordo especiais instalados no navio serão utilizados para elevação e movimentação de munições, material de suporte, combustível e água.

    As fontes militares chinesas informaram que seis pilotos, que passaram por treinamento para poder dirigir os caças Shenyang J-15 a partir de porta-aviões, foram premiados pelo vice-almirante da Marinha chinesa Ding Yi numa cerimônia que decorreu a bordo do porta-aviões Liaoning.

    Mais:

    China pretende reorganizar seu exército
    Disputas territoriais podem frear cooperação entre Rússia, China e Japão?
    Tags:
    deslocamento, acompanhamento, navio, caças, porta-aviões, AK-630, Liaoning, Marinha chinesa, China
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik