05:13 06 Agosto 2020
Ouvir Rádio
    Defesa
    URL curta
    1260
    Nos siga no

    A apresentação do novo robô de combate russo Nerekhta-2 acontecerá num polígono do país já no final do ano.

    Igor Denisov, chefe do Fundo de Pesquisa Avançada e autor do robô, comunicou à agência Sputnik Internacional alguns detalhes técnicos dessa inovação tecnológica.
    O Nerekhta-2 estará equipado com novo tipo de munições e será capaz de enfrentar inimigos mais potentes e fortes do que ele mesmo.

    Denisov explica que a plataforma Nerekhta foi a mais apropriada para fazer alterações diversas. Nerekhta é uma espécie de laboratório para testar soluções tecnológicas inovadoras para robôs terrestres de apoio a operações de combate, inclusive em condições urbanas. 

    Ele prevê demonstrar as capacidades do novo robô num polígono no final do ano em curso. Segundo Denisov, o Nerekhta-2 terá um componente aéreo, além de elementos automáticos extra.

    O Nerekhta-2 deverá fazer parte do equipamento dos soldados no futuro.

    "A parte invisível do Nerekhta – o seu sistema de controle – não é menos importante. Achamos que é uma parte do equipamento de combate de um futuro soldado. É impossível melhorar sempre as capacidades do ser humano, adicionando armaduras complementares, desse jeito o transformaremos em um tanque que caminha. O combatente precisa de um assistente pessoal, portador de armas", explicou Denisov à Sputnik Internacional.

    O chefe do Fundo de Pesquisa Avançada ressalta que os agentes de forças especiais não precisarão usar uma tela para controlar o robô. Está sendo estudada a possibilidade de seu controle ser feito por meio de voz e gestos.

    O Nerekhta-2 é uma espécie de auxiliar de combatente, lhe permitindo cumprir suas tarefas de maneira mais rápida e cômoda, transportá-lo, levar suas armas, providenciar comunicação, ver a uma maior distância, escolher os alvos, entre várias outras opções.

    O Fundo de Pesquisa Avançada da Rússia foi fundado em 2012 à semelhança da agência norte-americana DARPA, que promove inovações para as Forças Armadas estadunidenses. No momento, o fundo está desenvolvendo mais de 50 projetos. Para tal, foram fundados laboratórios nas principais universidades e institutos científicos da Rússia.

    Mais:

    Primeiro robô-guia russo leva os visitantes à exposição do Metrô de Moscou
    Robô esquecido causa engarrafamento
    Tags:
    polígono de testes, robô de combate, apresentação, combate, inovação, DARPA, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar