15:08 23 Setembro 2017
Ouvir Rádio
    Militar ucraniano da cidade de Peski

    Novos morteiros ucranianos enferrujam depois de um mês de serviço

    © REUTERS/ Oleksandr Klymenko
    Defesa
    URL curta
    290480

    Os novos lança-granadas М-120-15 Molot de produção ucraniana começaram a enferrujar e a falhar apenas um mês após terem sido adquiridos pelas Forças Armadas do país.

    Pelo menos seis lança-granadas, recebidos em 21 de junho por um batalhão de morteiros das Forças Armadas da Ucrânia, começaram a falhar, informou a mídia local, citando a nota de explicação de um comandante ucraniano.

    Durante exercícios táticos, vários mecanismos dos morteiros deixaram de funcionar, enquanto os soldados ucranianos descobriram outros problemas relacionados com a qualidade do metal. Descobriu-se que enferrujam rapidamente e que a pintura se deteriora no sol.

    O valor de cada unidade do lança-granadas é US $ 18.000 (cerca de R$ 63.000).

    O presidente ucraniano, Petro Poroshenko, manifestou várias vezes a prontidão do Exército ucraniano de respeitar os padrões de armamento da OTAN e mesmo de ensinar "como combater contra a Rússia".

    Mais:

    Embaixador: EUA podem tornar Ucrânia grande exportadora de armas
    Poroshenko acusa Rússia de 'continuar' enviando armas e homens para a Ucrânia
    EUA não enviarão armas letais à Ucrânia, mas Kiev pode produzi-las sozinha, diz embaixador
    Tags:
    problemas, batalhão, falha, forças armadas, morteiros, lançador de granadas, OTAN, Pyotr Poroshenko, Rússia, Ucrânia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik